Gospel Prime

Boulos diz que petista foi cassado por “racismo” e não por invadir igreja

today23 de junho de 2022 20

Fundo
share close

O socialista Guilherme Boulos, conhecido por invadir propriedade privada com o Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST), tentou defender o ex-vereador petista Renato Freitas, cassado por invadir uma igreja em Curitiba.

A perda do mandato se deu por “procedimento incompatível com o decoro parlamentar”, após ele ter invadido uma igreja para protestar, com bandeiras comunistas e palavras de ordem.

Boulos afirmou que o vereador não teria sido cassado por sua atitude desrespeitosa a fé cristã, mas por “perseguição política” e “racismo”, tentando criar uma narrativa de que Renato Freitas seria uma vítima, ao invés do agressor.

Ligado ao Partido Socialismo e Liberdade, Boulos defende ideias marxistas, o que explica sua falta de sensibilidade a fé cristã.



Socialismo x Cristianismo

Em países onde o socialismo assumiu o poder, caminhando então para o comunismo, a Igreja passou a sofrer forte perseguição.

A Coreia do Norte, país declaradamente comunista, ocupa o primeiro lugar na Lista Mundial de Perseguição da organização Portas Abertas.

Na China, outro país comunista, os cristãos não tem liberdade para pregar o Evangelho.

Karl Marx e Friedrich Engels escreveram o Manifesto Comunista, onde a negação da crença e o incentivo a perversão da moral é claramente defendido.

No tratado, eles escrevem: “Mas o comunismo quer abolir estas verdades eternas, quer abolir a religião e a, moral, em lugar de lhes dar uma nova forma e isso contradiz todo o desenvolvimento histórico anterior” (Das Kommunistische Manifest – Karl Marx e Friedrich Engels).

Marx também era ateu e chegou a afirmar que seu objetivo era destronar Deus e destruir o capitalismo.

Lênin, responsável pela implantação do comunismo na Rússia, disse claramente que “a guerra contra quaisquer cristão é […] lei inabalável”.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Gospel Prime.

Por: Redacao

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

deputado-desafia-pastores:-“nao-da-mais-para-se-esconder”

Gospel Prime

Deputado desafia pastores: “Não dá mais para se esconder”

O deputado federal Sóstenes Cavalcante (PL-RJ), presidente da Frente Parlamentar Evangélica, desafiou os pastores a terem uma nova postura em relação a política, lembrando que estamos vivendo tempos difíceis. Em entrevista ao Gospel Prime, o deputado federal, que também é pastor, lembrou os líderes evangélicos sobre a importância de se envolverem no debate público. Ele acredita que muitos pastores buscam se preservar do debate público. “Quando o pastor se omite […]

today23 de junho de 2022 9

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%