G1 Mundo

Brasil coloca PF à disposição do Equador em meio à onda de violência

today10 de janeiro de 2024 2

Fundo
share close

“Troquei mensagem com o Diretor da Polícia do Equador, Cesar Zapata, e com os demais diretores que integram a Ameripol, colocando a PF à disposição e oferecendo apoio”, disse Rodrigues ao blog.

A Ameripol, citada por Rodrigues, é uma organização composta pelo Brasil e outros 12 países americanos criada para a cooperação internacional das polícias do Brasil, Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, Haiti, Honduras, Panamá, Paraguai, República Dominicana e Uruguai —similar a Polícia Internacional (Interpol).

A Polícia Federal acionou os adidos brasileiros na Colômbia e no Peru para acompanharem a situação e reportarem à agência. A Ameripol e a Interpol também monitoram o caso.



“Desde outubro do ano passado admitimos (custo pago pela PF) um policial do Equador no CCPI (Centro de Cooperação Policial Internacional) no Rio de Janeiro, que está servindo como ligação direta conosco para acompanhamento da situação”, explicou Rodrigues.

A crise de segurança que atinge o Equador tomou novas proporções na terça-feira (9), quando uma universidade em Guaiaquil e uma emissora de TV local foram invadidas por homens armados com revólveres e bombas.

Em meio a esses ataques, um brasileiro foi sequestrado, assim como sete policiais, houve explosões na província de Esmeraldas, e o Ministério da Educação suspendeu as aulas presenciais em todo o país até a próxima sexta-feira (12).

Os ataques acontecem dois dias após a fuga do líder dos Los Choneros, uma das facções criminosas mais temidas do país, da prisão onde cumpria uma pena de 34 anos.

A medida autoriza a intervenção do Exército e da Polícia Nacional no país para combate às facções criminosas.

A medida identifica 22 facções e “atores beligerantes não estatais” como organizações terroristas e determina às Forças Armadas a execução de operações militares para “neutralizar” esses grupos, “respeitando os direitos humanos”.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

mercado-argentino-da-choque-de-realidade-a-milei-apos-‘lua-de-mel’

G1 Mundo

Mercado argentino dá choque de realidade a Milei após ‘lua de mel’

Exatamente um mês após a posse do novo presidente argentino, o cenário é de preços de títulos caindo, peso se enfraquecendo novamente e investidores cautelosos com os novos leilões de dívida do governo. O banho de água fria dos investidores, após uma lua de mel inicial, ressalta o enorme desafio de Milei para conter a inflação (que se aproxima de 200%), evitar a agitação social, reconstruir as reservas do país […]

today10 de janeiro de 2024 4

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%