G1 Santos

Brasileiro é pioneiro na América do Sul ao realizar cirurgia de catarata com tecnologia mais segura; VÍDEO

today5 de maio de 2024 6

Fundo
share close

Uma nova tecnologia a laser para cirurgias de cataratas promete trazer mais segurança aos cirurgiões e minimizar os riscos aos pacientes. O oftalmologista Eduardo Paulino, de 69 anos, foi o responsável por trazer o método alemão para América do Sul, que teve a primeira operação realizada em Santos, no litoral de São Paulo.

A catarata é uma doença que deixa a lente natural do olho opaca, o que pode gerar a perda de visão. Segundo o Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO), estimam-se que haja 120 mil novos casos por ano no Brasil, sendo que a maioria das pessoas acometidas são idosas.

Ao g1, Paulino explicou que a cirurgia de catarata, seja qual for o método, consiste em transformar a lente natural do olho em pequenas partículas, aspirá-la e trocá-la por uma artificial.



Atualmente, de acordo com o especialista, é comum que a operação seja realizada por facoemulsificação, uma caneta ultrassônica introduzida no olho por uma pequena abertura de aproximadamente 2.4 mm.

“O ultrassom foi criado nos anos 70 e é uma máquina utilizada por todo mundo. Mas, tem que ter alguns cuidados a mais porque a ponta que fica em contato com a córnea [camada na frente da íris e da pupila] esquenta muito e se o cirurgião não tiver uma técnica bem cuidadosa, pode queimar”, disse.

Eduardo Paulino, de 69 anos, realizou a primeira cirurgia da América do Sul, em Santos (SP) — Foto: Instituto de Olhos Eduardo Paulino/Divulgação

A nova tecnologia, chamada ‘Cetus Nano Laser‘, também é em formato de caneta. Mas, diferente da ultrassom, o aparelho é pequeno e dispara um laser que quebra e aspira a catarata com mais rapidez e sem esquentar, o que o torna mais delicado dentro dos olhos.

“O aparelho consegue fazer a cirurgia da catarata utilizando menos energia, tanto em poder de energia dentro do olho, quanto em emissão de calor. Esse laser é uma coisa muito mais suave e delicada. Isso aumenta a segurança para os pacientes”, destacou Paulino.

Para conhecer a nova tecnologia, o oftalmologista junto à equipe foram para Alemanha, onde o aparelho foi criado e fabricado, e fizeram treinamentos com os cirurgiões responsáveis pela inovação.

Após aprovação, voltaram para o Brasil e esperaram a autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e a chegada do aparelho no Brasil (veja o vídeo acima).

Segundo Paulino, o próximo passo é passar o conhecimento para outros cirurgiões. “Fomos os primeiros da América do Sul a ter essa tecnologia. Agora, nós estamos introduzindo essa técnica em palestras nos congressos e cursos, para que os médicos de outras clínicas passem a agregar também”.

Aparelho ‘Cetus Nano Laser’ traz benefícios que aumentam a segurança dos cirurgiões e pacientes — Foto: Instituto dos Olhos Eduardo Paulino/Divulgação

VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

homem-que-agarrou-jovem-e-tentou-forca-la-entrar-em-carro-ja-foi-preso-por-estupro-e-roubo-no-litoral-de-sp;-entenda

G1 Santos

Homem que agarrou jovem e tentou forçá-la entrar em carro já foi preso por estupro e roubo no litoral de SP; entenda

Jovem escapa de criminoso ao reagir a ataque no litoral de SP A reportagem apurou que o homem se apresentou à polícia como empreiteiro e é casado. Ele nasceu em Alagoas, no Nordeste, mas comete crimes na Baixada Santista desde 2006. A primeira denúncia contra Lenivaldo é sobre um roubo que aconteceu no dia 11 de dezembro de 2006. A ocorrência foi registrada no 1º DP de São Vicente. Pouco […]

today5 de maio de 2024 6

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%