G1 Santos

Homem que agarrou jovem e tentou forçá-la entrar em carro já foi preso por estupro e roubo no litoral de SP; entenda

today5 de maio de 2024 6

Fundo
share close

Jovem escapa de criminoso ao reagir a ataque no litoral de SP



Jovem escapa de criminoso ao reagir a ataque no litoral de SP

A reportagem apurou que o homem se apresentou à polícia como empreiteiro e é casado. Ele nasceu em Alagoas, no Nordeste, mas comete crimes na Baixada Santista desde 2006.

A primeira denúncia contra Lenivaldo é sobre um roubo que aconteceu no dia 11 de dezembro de 2006. A ocorrência foi registrada no 1º DP de São Vicente. Pouco mais de dez dias depois, ele foi encaminhado para o 1º DP de Santos por estuprar uma adolescente de 17 anos.

Na ocasião, a vítima foi resgatada por policiais militares na Alameda Prefeito José Gomes, no Morro Nova Cintra, em Santos. Segundo boletim de ocorrência (BO) registrado na época, a adolescente estava indo para a igreja no dia 23 de dezembro quando foi abordada por Lenivaldo, que estava em uma motocicleta.

O homem pediu para a jovem depositar um dinheiro, mas ela respondeu que estava atrasada. Nesse momento, o suspeito teria apontado um canivete e anunciado o roubo. Ele ordenou que a adolescente subisse na garupa da moto.

Já no Morro da Nova Cintra, Lenivaldo teria segurado o braço da vítima e a arrastado pelo cabelo até um terreno baldio. A menina disse que não tinha dinheiro, mas ele respondeu que não queria dinheiro e lhe mandou tirar as roupas.

Ainda de acordo com o BO, o homem tentou praticar coito anal e vaginal com a vítima, mas não conseguiu e, por isso, forçou a adolescente a praticar sexo oral, segurando os cabelos dela. A menina teria pedido para ser libertada, mas ouvia do homem que ele “tinha que gozar mais”.

Lenivaldo Alves da Silva tem passagens criminais desde 2006. — Foto: Reprodução

Em determinado momento, a equipe da PM chegou e resgatou a vítima. Em depoimento, Lenivaldo disse que conhecia a jovem há 15 dias e chegou a “ficar junto” com ela, por isso a menina concordou em ir até o terreno.

Segundo o suspeito, ela teria dito que era virgem, mas não se opôs a manter relações sexuais. Ainda de acordo com o depoimento de Lenivaldo, ele iniciou o ato, mas parou quando a vítima se queixou de dor.

Após o crime, Lenivaldo chegou a ser preso e passou por diversas penitenciárias no Estado de São Paulo. Porém, ele cumpria pena em regime aberto desde agosto de 2022.

Jovem conseguiu fugir após luta corporal com suspeito em Santos (SP) — Foto: Reprodução

O último ataque de Lenivaldo foi no dia 6 de abril, quando uma jovem, de 19 anos, foi abordada ao sair do trabalho na Vila São Jorge. Segundo a vítima, ela tentou fugir ao ser chamada pelo homem, mas não teve tempo. “Ele já me fechou”, disse a jovem, que foi agarrada pelo criminoso e sofreu uma queimadura no braço causada pela suposta parafusadeira.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

policia-fala-em-estupro-e-busca-mulher-em-situacao-de-rua-gravada-sendo-atacada-em-sp;-video

G1 Santos

Polícia fala em estupro e busca mulher em situação de rua gravada sendo atacada em SP; VÍDEO

O caso aconteceu na Rua Braz Cubas. No vídeo, a mulher aparece deitada na calçada. O homem se aproxima e toca as partes íntimas dela, que o 'empurra' com as pernas. Em seguida, ele é visto fazendo uma 'cabana' com papelões ao lado de uma parede. No local, eles têm relação sexual. Conforme apurado pelo g1, a Polícia Civil tem como uma das linhas de investigação a possibilidade do crime […]

today5 de maio de 2024 1

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%