G1 Mundo

Brasileiro relata ter visto ‘chuva de mísseis’ em ataque do Hamas a Israel

today7 de outubro de 2023 14

Fundo
share close

Em entrevista concedida à GloboNews, o brasileiro conta que estava a cerca de 100 metros da Faixa de Gaza, em um festival, quando os ataques começaram.

“Fui com um grupo de amigos para uma festa e estava tudo tranquilo, parecia ser uma noite perfeita”, relata ele. “Mas então começou a amanhecer e nós escutamos os estrondos”.

Com cerca de 3,5 mil a 4 mil pessoas no festival, o barulho do ataque foi, inicialmente, confundido com fogos de artifício.



“Então cortaram a música e falaram no microfone que aquilo não era um treinamento, mas mísseis de verdade. E orientaram a gente a buscar abrigo ou a deitar no chão, já que estávamos em uma área aberta e não havia um bunker ou uma região segura”, relata Weiss, destacando que o ataque pegou todos os presentes de surpresa.

“Fomos pegos de surpresa. Em 30 minutos eles [Hamas] lançaram mais de 5 mil mísseis. Você não conseguia ver nada no céu. Eram apenas mísseis […] e várias pessoas desesperadas correndo”, lembra.

Ainda de acordo com o brasileiro, os militantes do Hamas atacaram uma base militar próxima e, posteriormente, conseguiram invadir o festival.

“Foi [como] uma cena de filme. […] Você via terroristas do Hamas vindo de motocicletas e caindo de paraquedas com metralhadoras, atirando contra civis e policiais que estavam no local”, diz.

Weiss relata que conseguiu, então, voltar para o carro e sair do local. “Eu falei: ou a gente tenta sair de alguma forma, ou vamos ficar aqui e morrer.”

Segundo o brasileiro, ele demorou de 5 a 10 minutos com uma “chuva de mísseis” para conseguir sair do estacionamento do festival e que, mesmo depois de ter se afastado do local, a cena ainda era “apocalíptica”.

“Vimos vários carros largados na rua, pessoas baleadas. Vi um soldado morto na rua com um tiro na cabeça e terroristas sequestrando mulheres, crianças e idosos. Até agora eu sou grato a Deus e à vida por ter sobrevivido”, acrescenta.

Israel declara guerra após ataque do Hamas; entenda

Israel declara guerra após ataque do Hamas; entenda

Os ataques aconteceram principalmente na parte sul do país. Milhares de foguetes foram lançados e, em comunicado, os militares de Israel afirmaram que “vários terroristas se infiltraram no território israelita a partir da Faixa de Gaza”.

O grupo Hamas reivindicou o ataque e afirmou se tratar do início de uma grande operação para a retomada do território. Segundo a imprensa internacional, tanto os ataques do Hamas quanto a retaliação de Israel deixaram centenas de mortos e milhares de feridos na região.

Mapa mostra conflito em Israel — Foto: Arte/g1




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

ataque-do-hamas-contra-israel-ocorre-um-dia-apos-os-50-anos-da-guerra-do-yom-kippur

G1 Mundo

Ataque do Hamas contra Israel ocorre um dia após os 50 anos da Guerra do Yom Kippur

Os ataques do grupo extremista islâmico armado Hamas contra Israel neste sábado (7) ocorrem um dia após os 50 anos da Guerra de 1973, que quase levou o país a uma derrota. A Guerra do Yom Kippur, como foi chamada, começou com um ataque dos vizinhos árabes, liderados pelo Egito e Síria, contra Israel. O nome "Yom Kippur" refere-se ao Dia do Perdão, um importante feriado judaico. Em 1973, ele […]

today7 de outubro de 2023 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%