G1 Mundo

‘Bromance’ de Lula e Macron gera repercussão na imprensa francesa

today28 de março de 2024 4

Fundo
share close

Jornais do país europeu destacaram nesta quarta-feira (27) como o “bromance” — termo que contrai as palavras romance e “brothers” (irmãos, ou amigos, em inglês) — entre os dois reflete a parceria no campo político e, principalmente, ambiental.

Veja abaixo o que disseram meios franceses:

Reportagem do jornal “Le Parisien” sobre a visita de Macron ao Brasil, em 27 de março de 2024. — Foto: Reprodução/ Le Parisien



Em reportagem intitulada “Bromance franco-brasileiro“, o jornal “Le Parisien” destaca o bom momento e do reencontro entre os governos dos dois países “tendo como pano de fundo imagens espetaculares de floresta primária e povos indígenas”.

No entanto, o jornal pondera, na reportagem, como os dois têm se apresentado “como líderes na biodiversidade e na transição energética” embora “Macron tenha um histórico contestado nesta área”, em referência à resistência do presidente francês em manter usinas nucleares na França. E afirma que “o (presidente) brasileiro está longe de ter detido o desmatamento do pulmão verde do planeta”.

Jornal francês “Le Monde” destaca melhora nas relações entre Brasil e França, durante visita de Macron ao Brasil, em 27 de março de 2024. — Foto: Reprodução/ Le Monde

O jornal francês “Le Monde” relatou que o encontro aconteceu “diante de um suposto ‘bromance’ entre os dois”. E, para ilustrar a “melhora nas relações entre Brasil e França”, destacou como, “mesmo aos 78 anos, Lula viajou 1.600 quilômetros para dar pessoalmente as boas-vindas a seu convidado”, em referência ao encontro do brasileiro com Macron na terça-feira em Belém.

A publicação afirma que o objetivo do líder francês com a viagem é “ganhar terreno na América Latina, mas também mostrar sua proximidade com Lula”. A reportagem lembrou que os dois “sempre sentam um ao lado do outro” e trocam “abraços calorosos” quando se encontram.

Reportagem do jornal francês “Le Figaro”, em 27 de março de 2024. — Foto: Reprodução/ Le Figaro

Já o “Le Figaro” disse que Lula e Macron “multiplicaram os momentos de cumplicidade”.

“Entre as discussões sobre Amazônia, submarinos e economia, os dois homens mostraram sua proximidade: ambos em mangas de camisa, multiplicaram sorrisos e gestos calorosos”, escreveu a publicação.

Versão francesa do site Huffington Post falar do “bromance” entre Lula e Macron, em 27 de março de 2024. — Foto: Reprodução/ Huffington Post

“A amizade franco-brasileira vai muito bem, obrigado. Os presidentes Emmanuel Macron e Luiz Inácio Lula da Silva demonstraram bem isso, no meio da floresta amazônica”, escreveu a versão francesa do site Huffington Post. “

O jornal disse que ainda Lula e Macron “demonstraram um grande vínculo. Ambos em camisa com mangas dobradas, multiplicaram sorrisos e gestos calorosos diante da imprensa, regularmente de mãos dadas“.

A agência de notícias francesa AFP frisou que ambos os mandatários “aparecem de mãos dadas enquanto atravessam um rio, sorridentes e olhando para o horizonte” em foto divulgada nas redes sociais do presidente brasileiro.

A AFP também destacou que a vista de Macron, a primeira viagem oficial em 11 anos de um presidente francês ao Brasil, “relançou as relações bilaterais depois dos anos de tensão entre os governos de Macron e do ex-presidente de extrema direita Jair Bolsonaro”.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

na-faixa-de-gaza,-12-pessoas-morrem-afogadas-no-mar-ao-tentar-pegar-itens-de-ajuda-humanitaria-lancados-por-aviao

G1 Mundo

Na Faixa de Gaza, 12 pessoas morrem afogadas no mar ao tentar pegar itens de ajuda humanitária lançados por avião

As Forças Armadas dos Estados Unidos, que são as responsáveis pela operação, afirmaram que 3 das 18 caixas que foram entregues via aérea tiveram problemas no paraquedas e caíram na água, mas não deram nenhuma informação sobre mortos. Houve diversos incidentes com a entrega de itens de ajuda humanitária para as pessoas da Faixa de Gaza pela via aérea. No começo do mês de março, cinco pessoas morreram da mesma […]

today28 de março de 2024 1

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%