G1 Mundo

Busca na Grécia por centenas de pessoas em naufrágio entra no 3º dia

today16 de junho de 2023 125

Fundo
share close

Segundo a Organização Internacional para Migração, a agência de migração da ONU, o barco transportava cerca de 750 pessoas. Já a guarda costeira da Grécia estima um número menor, de 300 migrantes.

O naufrágio aconteceu nas águas internacionais do Mar Egeu, perto da península grega do Peloponeso. O barco transportava migrantes que viajavam da Líbia à Itália.

A Guarda Costeira informou que um avião de vigilância da agência europeia Frontex detectou a presença da embarcação na tarde de terça, mas que os passageiros “recusaram ajuda”.



A Grécia, Itália e Espanha são os principais destinos de dezenas de milhares de pessoas que tentam chegar à Europa a partir da África e do Oriente Médio.

A polícia grega prendeu nove homens – todos do Egito e com idades entre 20 e 40 anos – por serem os possíveis responsáveis do naufrágio.

Grécia prende 9 pessoas por suspeita de envolvimento em naufrágio

Grécia prende 9 pessoas por suspeita de envolvimento em naufrágio

O porta-voz da guarda costeira Nikos Alexiou, citando relatos de sobreviventes, disse que os passageiros no porão do barco eram também mulheres e crianças.

Funcionários de um necrotério estatal nos arredores de Atenas fotografaram os rostos das vítimas e coletaram amostras de DNA para iniciar o processo de identificação.

A maioria dos sobreviventes foi transferida nesta sexta do porto de Kalamata, no sul da Grécia – onde parentes também se reuniram para procurar seus familiares – para abrigos de migrantes perto de Atenas.

O Papa Francisco usou as redes sociais nesta sexta para prestar condolências aos migrantes que estavam no barco.

“Sinto grande dor pela morte dos migrantes, incluindo muitas crianças, no naufrágio no Mar Egeu. Devemos fazer todo o possível para que os migrantes que fogem da guerra e da pobreza não encontrem a morte enquanto buscam um futuro de esperança (veja o post abaixo)”.

Papa prestou homenagem as crianças desaparecidas do naufrágio — Foto: Reprodução/Twitter




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

gerente-de-necroterio-da-universidade-de-harvard-e-acusado-de-vender-partes-de-cadaveres

G1 Mundo

Gerente de necrotério da Universidade de Harvard é acusado de vender partes de cadáveres

O ex-gerente do necrotério da Escola de Medicina da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, e mais cinco pessoas se tornaram nesta quarta-feira (14) réus em um processo em que são acusadas ​​de comprar e vender restos humanos roubados. Cedric Lodge supostamente pegou pedaços de "cabeças, cérebros, pele e ossos" de cadáveres doados à escola de medicina e os vendeu online. De acordo com a acusação apresentada à Justiça, Cedric […]

today16 de junho de 2023 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%