G1 Santos

Cachorros são esfaqueados no litoral de SP; VÍDEO

today1 de setembro de 2023 4

Fundo
share close

De acordo com a proprietária da organização, Ângela Bandeira, o estado dos cães surpreendeu a equipe. “A gente ficou muito triste e perplexo pelo tamanho da maldade, da crueldade e da frieza, porque deu para ver nitidamente que aquilo foi com uma faca, um cutelo ou até uma machadinha”, disse a mulher, que analisou o tamanho do corte.

Ela informou que atua como protetora há mais de 10 anos, mas nunca tinha visto uma situação parecida. “Foram atendidos, tomaram medicação, foram suturados e cadastrados. A fêmea não pôde ser cadastrada porque o corte foi mais profundo”, explicou.

Os cachorros foram levados ao local pela autônoma Natália Ágata, de 27 anos. Ela contou ao g1 que dois dos animais têm tutores, mas costumam andar pelas ruas do bairro, enquanto o terceiro tinha aparecido abandonado na região e ela estava alimentando.



Animais foram resgatados e socorridos em Mongaguá (SP) — Foto: Arquivo Pessoal

Por isso, o cão era conhecido para a filha dela, de 9 anos, que o encontrou com os cortes no último domingo (27). “Me gritou para falar que ele estava com um corte. […] Quando eu cheguei e vi, comecei a chorar”, relembrou.

A autônoma não encontrou nenhuma clínica veterinária aberta no dia e optou por ficar com o cão pelo menos até o dia seguinte para que ficasse seguro. “Um rapaz que mora por perto passou, me viu passeando com ele e falou que também tinham feito isso [cortado] a cachorra dele”, relatou a mulher.

Em seguida, Natália soube de outro cão que tinha sido vítima de cortes naquela data. Desta forma, no dia seguinte, ela levou os três cães para Santos para serem atendidos pela ONG Patinhas que Brilham. “Os três foram costurados”, relatou a autônoma, informando que um dos cortes chegou ao osso.

Enquanto dois cães voltaram para as casas dos tutores, Natália abrigou o cachorro que estava abandonado. No entanto, ela não pode ficar com ele, pois já tem quatro cães e 12 gatos. Desta forma, a autônoma procura um lar adotivo para o animal. “Tem que ser alguém que cuide e tenha um lugar grande”, explicou.

De acordo com ela, a região onde o crime aconteceu não tem câmeras de monitoramento e, por isso, não há suspeitos. No entanto, Natália lutará por justiça para os animais. “Quero que ela [pessoa que os cortou] vá para a cadeia, que todos saibam quem fez, para que sempre seja julgado”, finalizou.

Ela tentou registrar o caso na Delegacia Eletrônica, mas não teve sucesso e pretende ir ao Distrito Policial para fazer a denúncia pessoalmente.

Em nota, a Prefeitura de Mongaguá informou que não foi notificada sobre o assunto. “O caso em questão configura crime, sendo que as autoridades policiais devem ser informadas, a fim de tomar as devidas providências”, disse, informando que a administração municipal repudia quaisquer ações de maus-tratos aos animais.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

atleta-iraniano-e-banido-por-apertar-a-mao-de-israelense-em-competicao

Gospel Prime

Atleta iraniano é banido por apertar a mão de israelense em competição

Na quarta-feira (30) a Federação de Levantamento de Peso do Irã anunciou que o  levantador de peso iraniano Mustafa Rajaei foi banido de participar de qualquer evento esportivo após cumprimentar seu competidor israelense, Maksim Svirsky, em um campeonato mundial de veteranos na Polônia. “A Federação de Levantamento de Peso condena veementemente a ação do levantador de peso veterano da equipe iraniana durante o Campeonato Mundial de Veteranos, que vai contra os […]

today1 de setembro de 2023 3

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%