G1 Mundo

Calorão nos EUA aumenta procura por ar refrigerado e sobrecarrega distribuição de energia elétrica; entenda

today28 de julho de 2023 6

share close

A onda de calor extremo tem aumentado a procura por ar refrigerado nos Estados Unidos, o que está sobrecarregando a distribuição de energia elétrica. Em pelo menos 16 estados, as concessionárias alertaram que estão preocupadas com o abastecimento.

Em Nova York, a população foi orientada a diminuir o consumo de energia das duas da tarde às dez da noite. Alguns outros locais também não descartaram a aplicação de sobretaxas na conta de luz para controlar o consumo.

O calor extremo também afetou as refinarias de petróleo no Texas, causando falhas no maquinário e reduzindo a produção, o que refletiu na produção.



Ar condicionado em prateleira de loja — Foto: Reprodução/TV Globo

O calor intenso levou várias cidades dos Estados Unidos a entrarem em alerta, e 170 milhões de pessoas estão vivendo em áreas sob alerta de calor excessivo. Algumas cidades bateram recordes de temperatura, com temperaturas chegando a até 43º C, e Nova York registrou temperaturas até 8° C acima da média para essa época do ano.

A cidade de Phoenix, no Arizona, tem enfrentado temperaturas de 43º C diariamente há quase um mês, afetando até mesmo os cactos do deserto, que são conhecidos por sua resistência. A falta de chuvas no verão pode ter contribuído para a situação.

O calor extremo tem se tornado um evento climático extremo que mais causa mortes na cidade de Nova York todos os anos. Em resposta ao calor, os bombeiros transformaram alguns hidrantes em pequenos chafarizes para ajudar a refrescar a população. A previsão é de que Nova York atinja os 42º C no fim de semana, com a temperatura no asfalto podendo chegar a 60° C. A prefeitura acionou os 500 centros de refrigeração, que são locais públicos com ar-condicionado e água, para ajudar as pessoas a se refrescarem, incluindo a biblioteca da cidade.

Veja, abaixo, a reportagem completa do Jornal Nacional:

Onda de calor extremo assola os Estados Unidos

Onda de calor extremo assola os Estados Unidos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

G1 Mundo

Biden diz que Lula quer se encontrar com ele em breve para discutir sobre o clima

O presidente americano não especificou quando ou onde encontrará o brasileiro. Biden e Lula em encontro na Casa Branca — Foto: Reuters/Jonathan Ernst "Lula do Brasil quer se reunir comigo em breve porque vocês sabem que há mais carbono absorvido do ar na Amazônia do que todo o carbono admitido nos Estados Unidos anualmente. Adivinhem só, eles estão tendo problemas", disse Biden em um evento de campanha. Biden não disse quando ou onde será o encontro com Lula. Em junho, […]

today28 de julho de 2023 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%