G1 Mundo

Campo de refugiados de Gaza bombardeado por Israel é o maior do território e existe desde 1948; saiba mais sobre Jabalia

today6 de novembro de 2023 8

Fundo
share close

O país afirmou que conseguiu matar Biari e “muitos outros terroristas”.

Para descrever o campo de Jabalia, a rede BBC entrevistou Tamara al-Rifai, da agência da ONU para os palestinos. É um campo pobre que existe desde 1948. A maioria da população depende de ajuda. Inicialmente, era um lugar só com barracas de lonas, mas depois foi substituído por casas simples.

Há oito campos para refugiados no território, e esse é o maior deles. A agência da ONU tem 16 escolas no campo.



De acordo com o Ministério da Saúde do Hamas, o grupo terrorista que controla a Faixa de Gaza, o bombardeio deixou mais de 50 mortos. Um vídeo feito pela agência de notícias AFP mostra pelo menos 47 corpos cobertos por panos brancos no chão do pátio de um hospital.

Outros combates na Faixa de Gaza

O exército de Israel afirmou que as forças armadas do pais travaram duros combates com os terroristas do Hamas no interior da Faixa de Gaza. Eles afirmaram que dezenas de combatentes palestinos foram mortos e que 11 soldados israelenses morreram — são as primeiras baixas desde o início da campanha de represália.

Israel também disse que atingiu 300 alvos na quarta noite de incursões terrestres em Gaza.

O Hamas respondeu com tiros antitanque e disparos. As brigadas Ezzedin al Qassam, o braço armado do Hamas, afirmaram que Gaza se tornou um cemitério para os soldados israelenses.

Corpos de palestinos mortos após explosão em campo de refugiados de Jabalia, em 31 de outubro de 2023 — Foto: Fadi Whadi/Reuters

Como a guerra atual começou

▶️ Como começou o conflito mais recente entre o Hamas e Israel? A mais recente disputa na região começou em 7 de outubro, quando o Hamas realizou um ataque-surpresa contra Israel. Essa foi a mais violenta ação em território israelense dos últimos 50 anos. Os serviços de inteligência do país não conseguiram antecipar que uma ofensiva dessa magnitude estava sendo preparada.

▶️ O que é o Hamas? O grupo terrorista é uma das principais organizações islâmicas nos Territórios Palestinos (são duas áreas não contínuas: a Faixa de Gaza e a Cisjordânia). Desde 2007, o Hamas controla Gaza, localizada em um estreito pedaço de terra na costa oeste de Israel. O grupo é considerado terrorista por países como os Estados Unidos e o Reino Unido, mas tem o apoio do Irã.

▶️ Como foi o ataque? As ações se concentraram perto da fronteira da Faixa Gaza, de onde Hamas lançou milhares foguetes. Por terra, ar e mar, com motos e parapentes, homens armados invadiram o território israelense pelo sul do país. Invasores atiraram em pessoas nas ruas e sequestraram centenas de pessoas (incluindo mulheres e crianças), levadas como reféns para Gaza.

▶️ Como foi a resposta de Israel? Diante da ofensiva do Hamas, o governo israelense iniciou uma retaliação. “Estamos em guerra e vamos ganhar”, disse o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, logo após o ataque. “O nosso inimigo pagará um preço que nunca conheceu.” Ainda em 7 de outubro, Israel lançou bombas em direção à Faixa de Gaza.

▶️ Quantas pessoas morreram? O balanço divulgado em 23 de outubro informou que mais de 6 mil pessoas morreram desde o início da guerra entre o Hamas e Israel, em 7 de outubro. Na Faixa de Gaza, o número de vítimas subiu para passou de 5 mil, sendo 2 mil crianças. Os feridos em Gaza são 15.898. Em Israel, foram confirmadas em torno de 1,4 mil mortes, além de 4 mil feridos, a maior parte deles no dia ataque do Hamas em 7 de outubro.

▶️ Qual é o contexto recente desse do conflito? A Arábia Saudita e o governo de Israel estavam negociando para estabelecer relações diplomáticas formais. Os Estados Unidos trabalham ativamente para isso. Caso Israel e a Arábia Saudita se tornem aliados, o Irã, um adversário em comum dos dois, ficará mais isolado. “A principal motivação do Hamas e do Irã [para o ataque] foi o desejo de perturbar esse acordo, que ameaçava isolá-los. A ideia era envergonhar os líderes árabes que que fizeram a paz com Israel, ou que poderiam vir a fazê-lo”, afirmou Martin Indyk, ex-embaixador dos EUA em Israel.

▶️ O que é e onde fica Faixa de Gaza? É um território palestino localizado em um estreito pedaço de terra na costa oeste de Israel, na fronteira com o Egito e banhado pelo Mar Mediterrâneo. Marcado por pobreza e superpopulação, tem mais de 2 milhões de habitantes morando em um território de 41 km de comprimento e 10 km de largura. Tomada por Israel na Guerra dos Seis Dias, em 1967, e entregue aos palestinos em 2005, Gaza vive um bloqueio de bens e serviços imposto por seus vizinhos de fronteira.

▶️ Qual é o histórico do conflito na região? A disputa entre Israel e Palestina se estende há décadas e já resultou em inúmeros enfrentamentos armados e mortes. Em sua forma moderna, remonta a 1947, quando a Organização das Nações Unidas (ONU) propôs a criação de dois Estados, um judeu e um árabe, na Palestina, sob mandato britânico.

▶️ Quando Israel foi reconhecido como um Estado? Em 1948. Desde então, vem ocorrendo uma disputa por território na região, e vários acordos já tentaram estabelecer a paz na região, mas neNhum deles teve sucesso.

▶️ Qual é a diferença entre israelenses e palestinos? Israelenses são cidadãos do Estado de Israel, criado em 1948. Palestinos são o povo etnicamente árabe, de maioria muçulmana, que habitava a região entre o Rio Jordão e o Mar Mediterrâneo.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

conheca-a-historia-da-mascara-africana-vendida-por-r$-750-por-um-casal-de-aposentados-e-que,-depois-de-6-meses,-foi-leiloada-por-r$-22-milhoes

G1 Mundo

Conheça a história da máscara africana vendida por R$ 750 por um casal de aposentados e que, depois de 6 meses, foi leiloada por R$ 22 milhões

No começo do século 20, o imóvel era de um dirigente de governo francês que trabalhava em colônias do país na África. A máscara estava dentro de um armário da residência. O casal pediu para um comerciante para comprar a máscara. Ele pagou 130 euros (cerca de R$ 750, na cotação atual). Seis meses depois, o casal viu a peça à venda em um catálogo de uma casa de leilões […]

today6 de novembro de 2023 2

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%