G1 Mundo

Canadá vai impor sanções a colonos judeus na Cisjordânia e a líderes do Hamas

today4 de fevereiro de 2024 10

Fundo
share close

Anúncio foi feito neste domingo (4) pela ministra das Relações Exteriores canadense, Melanie Joly. Nesta quinta-feira (dia 1º), os Estados Unidos anunciaram medidas semelhantes contra judeus que agredirem palestinos na Cisjordânia.


Foto de 2 de fevereiro de 2024 mostra a ministra das Relações Exteriores do Canadá, Melaine Joly, durante entrevista coletiva na Ucrânia — Foto: Valentyn Ogirenko/Reuters



O Canadá vai impor sanções aos colonos israelenses que incitarem a violência na Cisjordânia e introduzir novas sanções aos líderes do Hamas, disse neste domingo (4) a ministra das Relações Exteriores do país, Melanie Joly.

Numa entrevista à Canadian Broadcasting Corp neste domingo, Joly disse que colonos “serão sancionados” e “também traremos novas sanções aos líderes do Hamas”.

“Estamos trabalhando ativamente nisso”, disse Joly, que está na Ucrânia. “Estou me assegurando de que, enquanto estiver aqui na Ucrânia, o trabalho será feito em Ottawa [capital do Canadá]. E estou ansiosa para fazer um anúncio em breve.”

O primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, disse nesta sexta-(2) feira que estava considerando impor sanções aos colonos “extremistas” na Cisjordânia.

Desde a guerra de 1967 no Oriente Médio, Israel ocupa a Cisjordânia, o território à esquerda do Rio Jordão, que os palestinos reivindicam como o núcleo de um Estado independente.

Mas Israel construiu ali assentamentos judaicos que a maioria dos países considera ilegais. O governo contesta isso e cita laços históricos e bíblicos com a região.

Nos 18 meses anteriores ao ataque do Hamas a Israel, em 7 de outubro, a Cisjordânia já tinha registrado os níveis mais elevados de agitação em décadas. Os confrontos aumentaram acentuadamente desde que as forças israelenses lançaram a sua ofensiva retaliatória em Gaza.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

numero-de-mortos-em-incendios-florestais-no-chile-chega-a-99

G1 Mundo

Número de mortos em incêndios florestais no Chile chega a 99

Quando o Chile anunciou um número anterior de mortos, o presidente Gabriel Boric afirmou que haveria mais registros de mortes. A maior parte do fogo estava se espalhando na região costeira de Valparaíso, onde vivem quase um milhão de pessoas, e onde ficam a sede do Congresso e um dos principais portos do país. "Estamos juntos, todos nós, combatendo a emergência. A prioridade é salvar vidas", disse Boric em uma […]

today4 de fevereiro de 2024 3

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%