G1 Mundo

Canadá vive a pior estação de incêndios da história, e Brasil envia combatentes para enfrentar o fogo

today26 de julho de 2023 7

share close

O Canadá passa pela pior estação de incêndios de sua história, e um grupo de pouco mais de 100 brasileiros especializados em combate ao fogo em áreas florestais foram enviados para ajudar as autoridades canadenses.

Entre os brasileiros, há 20 funcionários do Instituto Chico Mendes e 41 do Ibama –entre esses, 10 são quilombolas do Goiás, e 9 são indígenas da etnia Xerente, do Tocantins. A missão brasileira é coordenada pela Agência Brasileira de Cooperação do Itamaraty.

Todo o efetivo está acampado em um campo na Columbia Britânica, no oeste do Canadá.



Não é só o Brasil que enviou combatentes; também há bombeiros dos Estados Unidos, Austrália, Nova Zelândia, África do Sul, França, México, Coréia do Sul e Costa Rica.

Até o dia 20, mais de 100 mil quilômetros quadrados de terras do Canadá foram incendiados. Há centenas de incêndios que perduram, e uma parte pequena é considerada sob controle.

De acordo com a agência AP, as terras indígenas têm sido especialmente atingidas, e os indígenas são a maioria dos cidadãos retirados de suas casas.

Imagem de brasileiro em treinamento para combater incêndio no Canadá — Foto: Missão Humanitária Brasileira

Treinamento para combate de incêndio de brasileiros no Canadá — Foto: Missão Humanitária Brasileira




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

G1 Mundo

A Ucrânia contra-ataca: país invadido lança principal fase da contraofensiva na guerra

Os ucranianos empregaram milhares de pessoas que estavam na reserva no front (uma parte desses militares foram treinados por países do Ocidente). Segundo o "New York Times" apurou, os primeiros confrontos dessa fase aconteceram na região de Zaporizhzhia. O Ministério da Defesa da Rússia afirmou que há um grande ataque na cidade de Orikhiv. Um oficial militar russo que está na Ucrânia disse que os ucranianos levaram cerca de 100 veículos de guerra para essa frente de batalha. O presidente […]

today26 de julho de 2023 4

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%