G1 Mundo

CEO da OceanGate teria rejeitado avisos de segurança sobre o Titan, diz BBC

today23 de junho de 2023 8

Fundo
share close

Diversos alertas sobre a segurança do submersível Titan da OceanGate foram repetidamente ignorados pelo CEO da empresa quando comunicado pelo seu vice, revelam e-mails a que a rede estatal britânica BBC teve acesso.

A empresa é a responsável pelo submarino que implodiu durante uma expedição que levava os passageiros para os escombros do Titanic. Entre as cinco vítimas estava o CEO da empresa, Stockton Rush, que também comandava a embarcação.

Nas mensagens conseguidas com exclusividade pela BBC, Rob McCallum, vice-CEO, comunicava que Rush estava potencialmente colocando seus clientes em risco. McCallum ainda teria pedido para que ele interrompesse as expedições com o Titan.



Na ocasião, Rush respondeu estar “cansado de membros da empresa tentarem usar argumentos de segurança para impedir inovações”.

Em mensagens de março de 2018, McCollum alerta que Rush estaria colocando todos os clientes em risco e repetindo o erro do Titanic ao pensar que nunca iria afundar.

“Até que um submarino seja classificado, testado e comprovado, ele não deve ser usado para operações comerciais de mergulho profundo”, escreveu McCollum em um e-mail. O Titan nunca foi certificado ou classificado.

Rush então responde com descaso, alegando ser “bem qualificado para entender os riscos e problemas associados à exploração submarina em um novo veículo.”

Imagens desses e-mails não foram veiculadas pela rede estatal britânica.

Até a última atualização desta reportagem, a empresa OceanGate não havia se pronunciado sobre o assunto.

Submersível da empresa OceanGate em imagem promocional — Foto: Reprodução/OceanGate Expeditions




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

lula-avalia-ir-a-nova-york-em-outubro-para-reuniao-do-conselho-de-seguranca-da-onu

G1 Mundo

Lula avalia ir a Nova York em outubro para reunião do Conselho de Segurança da ONU

Integrantes do governo brasileiro informaram ao g1 que a ida do presidente à reunião pode acontecer, mas que ainda não há definição. O Conselho de Segurança da ONU é formado por 15 países. Cinco desses países ocupam os chamados assentos permanentes, e os outros dez, de forma temporária, os chamados assentos não-permanentes – o que é o caso do Brasil, cujo mandato acaba em dezembro deste ano. A presidência do […]

today23 de junho de 2023 9

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%