G1 Mundo

Chanceler da França viaja ao Brasil na próxima semana para preparar vinda de Macron

today31 de janeiro de 2023 11

Fundo
share close

A ministra das Relações Exteriores da França, Catherine Colonna, viajará ao Brasil na próxima semana para uma reunião com o chanceler brasileiro, Mauro Vieira. Colonna deve desembarcar em Brasília no dia 8 de fevereiro, uma quarta-feira.

Os ministros das Relações Exteriores de Brasil e França devem acertar os detalhes da vinda do presidente francês Emmanuel Macron, prevista ainda para o primeiro semestre deste ano.

É praxe que o ministro dessa área visite um país, com a devida antecedência, para preparar a ida do chefe de Estado.



Quem também se prepara para visitar o Brasil é o presidente espanhol, Pedro Sánchez. Assim como Macron, ele recebeu Lula ainda como pré-candidato durante um giro pela Europa, em novembro de 2021.

Na Cúpula do Clima no Egito logo após a eleição de Lula, em novembro, Macron afirmou que esperava uma “diplomacia amazônica” com o Brasil. Relembre no vídeo abaixo:

Macron diz esperar 'diplomacia amazônica' com Lula

Macron diz esperar ‘diplomacia amazônica’ com Lula

Além da parte logística da visita, os chanceleres de Brasil e França devem dar início ao diálogo em assuntos importantes para a relação bilateral – por exemplo, os esforços para combater as mudanças climática e o acordo do Mercosul com a União Europeia.

Sobre meio ambiente, Lula já levou a Macron os objetivos da Cúpula dos Países Amazônicos – que busca organizar nos próximos meses – e a importância da participação da França, único país europeu a compartilhar desse bioma (por meio da Guiana Francesa).

Já na questão do acordo comercial entre Mercosul e União Europeia, o protecionismo tem sido o maior obstáculo para um avanço.

Durante ida à Argentina para a Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac), o presidente Lula enfatizou aos países do Mercosul que a prioridade será fechar, primeiro, um acordo comercial do bloco com a União Europeia.

O acordo resultaria na eliminação progressiva de tarifas de produtos europeus nos setores de alimentação, do agro, de vestuário e calçados, além de setores automotivo, farmacêutico, de maquinário, entre outros.

A União Europeia é o principal investidor na América Latina, e o terceiro maior cliente comercial. Apesar de já ter sido fechado há algum tempo, o acordo entre Mercosul e União Europeia ainda precisa ser ratificado.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

papa-francisco-chega-a-republica-democratica-do-congo-em-meio-a-conflito-no-leste-do-pais

G1 Mundo

Papa Francisco chega à República Democrática do Congo em meio a conflito no leste do país

Cerca da metade dos 90 milhões de habitantes do país africano são católicos romanos. Francisco chega à República Democrática do Congo em meio a um forte conflito no leste do país, que é rico em minerais mas tem milhões de pessoas deslocadas por combates internos e na pobreza. O papa revelou planejava visitar a região, mas a agenda teve de ser cancelada por riscos à segurança do pontífice. "Eu queria […]

today31 de janeiro de 2023 23

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%