G1 Mundo

Colômbia inicia negociações de paz com rebeldes do ELN para encerrar 6 décadas de guerra

today22 de novembro de 2022 10

Fundo
share close

Negociadores do governo colombiano e do grupo guerrilheiro Exército de Libertação Nacional (ELN) começaram negociações de paz nesta segunda-feira (21), o primeiro grande passo nas iniciativas do presidente Gustavo Petro para encerrar quase 60 anos de guerra. 

Petro, ex-membro da insurgência M-19 que tomou posse em agosto, prometeu trazer “a paz total” à Colômbia ao negociar com rebeldes e grupos criminosos envolvidos em tráfico de drogas e mineração ilegal. 

“Não podemos nos enxergar como inimigos, o trabalho que temos é de reconciliação”, disse o negociador do ELN Pablo Beltran. “Esperamos não fracassar nessas expectativas de mudança”. 



As negociações –que começaram na capital venezuelana, Caracas– irão girar entre os países fiadores Venezuela, Cuba e Noruega, de acordo com o governo colombiano. 

Venezuela e Colômbia analisam a retomada do comércio bilateral

Venezuela e Colômbia analisam a retomada do comércio bilateral

“Estamos comprometidos com as negociações com uma organização que também quer a paz”, disse o negociador chefe do governo, Otty Patino. “Vamos chegar a um porto seguro… a paz real”.

As delegações fizeram a primeira reunião na segunda-feira, afirmou o alto-comissário da paz da Colômbia, Danilo Rueda. 

Tentativas anteriores de negociações com o ELN, que tem cerca de 2.400 combatentes e foi fundado em 1964 por padres católicos radicais, não anunciaram em parte por conta das divergências entre suas fileiras. 




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

apos-ser-assaltada-no-catar,-policia-pede-para-que-reporter-decida-pena-do-ladrao

G1 Mundo

Após ser assaltada no Catar, polícia pede para que repórter decida pena do ladrão

Dominique Metzger foi furtada enquanto fazia entrada ao vivo na TV da Argentina. Dominique Metzger foi furtada enquanto fazia entrada ao vivo na TV da Argentina — Foto: Reptodução/Todo Notícias A polícia de Doha, no Catar, pediu para que a jornalista argentina Dominique Metzger escolha a sentença do ladrão que a roubou durante uma entrada ao vivo na sexta-feira (18). A repórter da emissora "Todo Noticias" estava nas ruas da […]

today22 de novembro de 2022 10

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%