G1 Mundo

Com Greta Thunberg no plenário, Parlamento Europeu aprova lei para recuperar ecossistemas

today12 de julho de 2023 10

Fundo
share close

A lei exige que os países adotem medidas para restaurar a natureza em um quinto de suas terras e mares até 2030. O objetivo é reverter o declínio dos habitats naturais da Europa (81% são classificados como estando em mau estado).

Os legisladores da União Europeia adotaram a proposta legal com o seguinte placar:

  • 336 votos a favor,
  • 300 contra,
  • 13 abstenções.



Agora, os legisladores e os países membros vão negociar o texto final.

Cesar Luena, o principal negociador da lei no Parlamento do bloco afirmou que trata-se de uma vitória “para cientistas, para os jovens, para muitas empresas, para o setor agrícola”.

Luena agradeceu aos cientistas e aos jovens que apoiaram a lei, entre eles a ativista sueca Greta Thunberg, que compareceu à assembleia da União Europeia para acompanhar a votação.

Greta é uma ativista sueca pelo clima que ganhou destaque internacional por seu ativismo em defesa do meio ambiente e contra as mudanças climáticas. Ela ficou conhecida por iniciar os “protestos escolares pelo clima”, nos quais faltava à escola todas as sextas-feiras para protestar em frente ao parlamento do país dela.

Ministra Marina Silva encontra ativista Greta Thunberg em Davos

Ministra Marina Silva encontra ativista Greta Thunberg em Davos

Proposta dividiu o Parlamento

Houve meses de campanhas sobre essa votação. Ficou claro que há divisões entre os países da União Europeia e entre os legisladores em relação à proposta.

O Partido Popular Europeu (PPE), o maior grupo de legisladores do Parlamento Europeu, liderou uma campanha para rejeitar o plano, alegando que prejudicaria os agricultores e colocaria em risco a segurança alimentar.

“É uma vitória vazia”, disse Manfred Weber, presidente do grupo PPE. “Só podemos ter sucesso com o acordo verde se nos unirmos, o que obviamente não é o caso com essa má legislação.”

Legisladores e cientistas rejeitaram as alegações do PPE. Eles acusam o grupo de usar desinformação para conquistar votos antes das eleições para o Parlamento Europeu no próximo ano. O grupo nega isso.

Mohammed Chahim, um dos defensores da proposta, afirma que a lei servirá justamente para preservar os campos a serem cultivados: “Restaurar a natureza traz inúmeros benefícios para os agricultores: é simples assim: não podemos cultivar alimentos em solos mortos”.

“Essa lei não é contra ninguém”, disse Luena. “Esta é uma lei em nome da natureza, não contra qualquer pessoa.”

Bruxelas já aprovou dezenas de leis de redução de gás carbônico para cumprir a agenda verde geral da União Europeia, incluindo a meta de alcançar emissões líquidas zero de gases de efeito estufa até 2050.

Mas propostas recentes na área ambiental têm enfrentado resistência, especialmente aquelas que exigiriam mudanças por parte dos agricultores para combater a poluição ambiental e o colapso das populações de abelhas e borboletas.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

quem-foram-charles-manson-e-sua-‘familia’-e-como-foi-a-serie-de-crimes-brutais-cometidos-por-eles

G1 Mundo

Quem foram Charles Manson e sua ‘família’ e como foi a série de crimes brutais cometidos por eles

Manson morreu na prisão em 2017, condenado por 9 homicídios praticados de forma brutal. Manson, que era racista, queria instigar uma espécie de guerra racial nos Estados Unidos. Em seu obituário, o "New York Times" revela que Manson foi detido pela primeira vez aos 12. Ele foi levado para instituições de menores de idade que cometem crimes. Em uma dessas instituições, ele estuprou um menino e o ameaçou com uma […]

today12 de julho de 2023 12

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%