G1 Mundo

Começam primárias em New Hampshire, que podem definir candidatura do Partido Republicano

today23 de janeiro de 2024 3

Fundo
share close

A votação, que pode ser decisiva, foi aberta no início da tarde, no horário local, e centenas de pessoas enfrentavam fila e o frio para votar no pré-candidato que querem eleger. Desta vez, apenas o ex-presidente Donald Trump e a ex-embaixadora da Organização das Nações Unidas (ONU), Nikki Haley, participam do pleito.

As principais pesquisas dão vitória com folga a Trump, mas Haley, menos conservadora, pode surpreender em New Hampshire, estado mais liberal que o das prévias anteriores, em Iowa.

As prévias ocorrem em estados e territórios americanos ao longo do semestre e escolherão o candidato do partido à Presidência dos Estados Unidos nas eleições de novembro.



Uma pesquisa encomendada pelo Washington Post divulgada nesta segunda-feira (22) estima que 52% dos eleitores votarão a favor de Trump; Haley tem 34%.

A favor de Haley, pode pesar o fato de que os eleitores republicanos de New Hampshire terem perfil mais moderado que os de Iowa, mais conservadores e religiosos. Além disso, as primárias em New Hampshire ocorrem em esquema semiaberto —é só aparecer: eleitores que não estão registrados em nenhum partido podem ir aos locais de votação e votar.

Isso costuma ajudar candidatos mais moderados, caso de Nikki Haley.

Quem é Nikki Haley, republicana que desafia candidatura de Trump à presidência dos EUA

Quem é Nikki Haley, republicana que desafia candidatura de Trump à presidência dos EUA

Entenda como funciona o sistema eleitoral dos Estados Unidos

Entenda como funciona o sistema eleitoral dos Estados Unidos

Nos EUA, o voto é indireto: eleitores escolhem, em votações realizadas por cada estado, representantes dos candidatos que querem eleger. Quem tiver mais representantes, também chamados de delegados, vence a disputa.

Em New Hampshire, está em jogo a escolha de 22 delegados, um número na prática pouco significativo diante do total de 1.215 delegados que um pré-candidato republicano precisa angariar para ser o escolhido pelo partido para concorrer à presidência.

Mas também pesa o fato de as primárias do estado acontecerem no começo da corrida, aumentando o fator simbólico.

Por isso, analistas disseram à imprensa norte-americana achar que, se Trump vencer ali, ele acabará se confirmando como o candidato republicano, já que ficará virtualmente quase impossível de sua concorrente vencer.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

chanceleres-de-guiana-e-venezuela-vao-se-reunir-em-brasilia-na-proxima-quinta-feira

G1 Mundo

Chanceleres de Guiana e Venezuela vão se reunir em Brasília na próxima quinta-feira

Inicialmente a reunião ocorreria na próxima sexta-feira (26), mas foi antecipada em um dia por motivo de agenda dos ministros. O encontro, que será intermediado pelo chanceler do Brasil, Mauro Vieira, ocorre em meio à disputa pela região de Essequibo. A Venezuela afirma ser a verdadeira proprietária da região, um trecho de 160 quilômetros quadrados que corresponde a cerca de 70% de toda a Guiana e atravessa seis dos dez […]

today23 de janeiro de 2024 8

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%