G1 Mundo

Como identificar se uma imagem foi manipulada

today11 de março de 2024 3

Fundo
share close

As técnicas usadas para manipular imagens são tão sofisticadas que entramos na era dos fakes hiper-realistas.

Mas será que há algo que a gente possa fazer para identificar se uma imagem foi alterada ou gerada por inteligência artificial?

A iluminação anormal costuma ser um indício de que uma foto foi alterada.



Verifique, por exemplo, os pontos de luz nos olhos das pessoas; a fonte de luz muitas vezes vai estar refletida em seus olhos.

Se o tamanho e a cor não corresponderem ao local ou se parecerem diferentes entre cada um dos olhos, você pode ter motivos para suspeitar.

A forma como os indivíduos e os objetos aparecem nas superfícies refletoras de uma imagem também pode fornecer pistas.

As sombras dos objetos na imagem podem não se alinhar se ela tiver sido montada a partir de diversas imagens, mas tenha em mente que algumas fotos podem ser tiradas com diversas fontes de iluminação.

Vale a pena observar a forma como a luz incide no rosto de uma pessoa. Se o Sol estiver atrás dela, por exemplo, as orelhas podem parecer avermelhadas.

A inteligência artificial também pode produzir iluminação e sombras incongruentes, mas à medida que os algoritmos são aperfeiçoados, os rostos gerados pela IA são com frequência percebidos como mais reais do que os rostos humanos.

Outra abordagem que pode ser reveladora é procurar características difíceis de replicar. Atualmente, a inteligência artificial deixa a desejar no processamento de mãos e orelhas, alterando suas formas, proporções e até mesmo o número de dedos.

Essas são as mesmas características que muitas vezes são motivo de dor de cabeça para os artistas, mas à medida que outros aspectos das imagens de pessoas geradas por IA se tornam hiper-realistas, essas imprecisões criam um vale de estranheza que não parece natural aos nossos olhos.

Escondidas no código das imagens digitais estão informações que podem ajudar a identificar uma foto fake.

Cada vez que uma câmera digital tira uma foto, os metadados são gravados no arquivo da imagem.

Duas fotos de Trump no hospital militar em que foi internado com covid-19 — Foto: EPA/JOYCE N BOGHOSIA/THE WHITE HOUSE

Cada sensor de câmera digital apresenta pequenas falhas de fabricação que levam a erros únicos que deixam uma espécie de “impressão digital” nas fotos.

Essa “impressão digital” é então associada a uma câmera específica — e pode ajudar a identificar áreas de uma fotografia que foram manipuladas.

A granulação de uma imagem gerada por inteligência artificial também pode parecer peculiar.

Ferramentas de verificação

Empresas de tecnologia como o Google lançaram ferramentas de verificação de imagens que podem ajudar as pessoas a identificar imagens geradas por inteligência artificial.

O Facebook e o Instagram começaram a rotular imagens geradas por IA provenientes dos próprios sistemas da Meta — e planejam fazer o mesmo para imagens geradas por ferramentas de IA de outras empresas.

Conheça o Sora, gerador de vídeos realistas da dona do ChatGPT

Conheça o Sora, gerador de vídeos realistas da dona do ChatGPT

Bard, o 'ChatGPT do Google', é lançado no Brasil

Bard, o ‘ChatGPT do Google’, é lançado no Brasil




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

kate-middleton:-foto-editada-alimenta-teorias-da-conspiracao-e-cria-onda-de-memes-nas-redes-sociais

G1 Mundo

Kate Middleton: foto editada alimenta teorias da conspiração e cria onda de memes nas redes sociais

O tiro, ou melhor, a foto saiu pela culatra: no domingo (10), o Palácio de Kensington divulgou uma imagem de Kate Middleton com seus três filhos. Mas o que pareceu uma intenção de tranquilizar pessoas preocupadas com o estado de saúde da princesa da Gales, submetida em janeiro a uma cirurgia no abdômen, acabou jogando mais lenha na fogueira. Nesta segunda-feira (12), a própria Kate Middleton admitiu ter editado a […]

today11 de março de 2024 11

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%