G1 Mundo

Comunidade LGBTQ pode visitar o Catar, mas não tente nos mudar, diz ministro do país

today30 de novembro de 2022 9

Fundo
share close

Afirmação foi feita pelo ministro de Estado para Assuntos de Energia, Saad Sherida Al-Kaabi, em entrevista ao jornal alemão “Bild”.


Ministro da Energia do Catar, Saad Sherida Al-Kaabi, durante fórum em Doha — Foto: Reuters/Ibraheem Al Omari



Membros da comunidade LGBTQ podem ir à Copa do Mundo no Catar, mas o Ocidente não pode “ditar” aos cataris no que eles devem acreditar, disse o ministro da Energia do Catar ao jornal alemão “Bild”.

“Se eles quiserem visitar o Catar, não temos nenhum problema com isso”, disse o ministro de Estado para Assuntos de Energia, Saad Sherida Al-Kaabi, sobre a comunidade de lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros, falando ao Bild em comentários publicados nesta quarta-feira (30).

Mas ele disse que o Ocidente quer “ditar o que quiser” ao Catar, onde a homossexualidade é ilegal.

Espectador invade o campo de Portugal x Uruguai com bandeira LGBTQIAP+ — Foto: Foto: REUTERS/Kai Pfaffenbach

“Se você quer me mudar para que eu diga que acredito em LGBTQ, que minha família deveria ser LGBTQ, que aceito LGBTQ em meu país, que mudo minhas leis e as leis islâmicas para satisfazer o Ocidente, então isso não é aceitável”, acrescentou.

Newsletter G1 Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.

Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

cresce-o-numero-de-hemodialises-apos-a-pandemia-da-covid-19

G1 Santos

Cresce o número de hemodiálises após a pandemia da Covid-19

A hemodiálise é uma terapia de substituição renal, ou seja, um procedimento que substitui a função do rim, atuando na remoção do excesso de líquido do paciente e removendo impurezas, toxinas acumuladas no sangue que o rim doente não consegue realizar. Esse procedimento, que é responsável pela sobrevivência de mais de 140 mil brasileiros, os quais sem esse tratamento não conseguiriam sobreviver, chegou a triplicar durante a pandemia da Covid-19. […]

today30 de novembro de 2022 13

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%