G1 Santos

Criança se desespera ao ver cabeça de boneco ‘explodir’ e web faz enxurrada de doações

today3 de agosto de 2022 53

Fundo
share close

Mobilização na web gerou doações de diversos brinquedos para o pequeno Miguel Monteiro, de seis anos.

Menino com paralisia cerebral tem brinquedo favorito destruído, recebe doações e quer distribuir presentes para outras crianças — Foto: Arquivo pessoal



Um menino de seis anos com paralisia cerebral comoveu a web após ver o brinquedo favorito, utilizado como ‘apoio emocional’, ser destruído em um acidente doméstico. Ao g1, a mãe revelou não ter condições financeiras para comprar um novo, mas que uma mobilização nas redes sociais garantiu a reposição do boneco, entre outros itens. Agora, quem foi ajudado quer ajudar. A família, que mora em Santos, no litoral de São Paulo, pretende fazer doações a outras crianças com deficiências.

A relação de Miguel Monteiro com os personagens de Patati e Patatá, representados nos brinquedos, é de longa data. A mãe, a professora Rejane Monteiro, conta que a criança foi adotada quando tinha um ano, mas que passava grande parte do tempo no orfanato assistindo aos conteúdos dos palhaços. “Desde que ganhou os bonecos [já com a família adotiva], se tornaram a companhia dele“.

A separação momentânea de um dos brinquedos aconteceu há cerca de 15 dias. O menino e o padrasto passeavam quando o ‘Patatá’ caiu na rua e se sujou. Ao voltarem para casa, o homem colocou o boneco na máquina de lavar roupas, mas o resultado foi um desastre.

Ele falava: ‘Mamãe, a cabeça do Patatá explodiu’. Ficou desesperado!

— Rejane Monteiro, mãe do menino

A história foi compartilhada nas redes sociais no mês passado pela página no Facebook “Moro em São Vicente e Região”. Desde então, ainda segundo a mãe, a família recebeu inúmeras doações de produtos relacionados aos citados personagens.

“Além dos bonecos, chegaram tapetes, chinelos, camisetas e tudo o que você pode imaginar”, contou Rejane. A intenção, agora, é doar alguns itens para outras crianças com deficiência. “É importante partilhar com o outro. Na cabeça do Miguel, as coisas mais importantes são os bonecos, e ele quer dividir com os amiguinhos“.

Objeto de ‘apoio emocional’

O g1 também conversou com a psicóloga Mariana Gomes do Rosário, que explicou a representação da segurança em forma de objeto. “Pode ser qualquer coisa, um cobertor, uma chupeta, bichinho de pelúcia, brinquedo, entre outros. Qualquer item que passe essa sensação“.

A profissional ressalta que, embora possa fazer parte da rotina e até ajudar em “processos de transição” em determinados estágios da vida, como o desmame, por exemplo, é preciso ter cuidado.

“O ideal é que sempre exista um equilíbrio. Que ele faça parte do desenvolvimento da criança, mas que ela não desenvolva com o objeto uma relação de total dependência”.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos

Newsletter G1 Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.

Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

menina-de-17-anos-reage-a-assalto,-luta-com-bandido-e-acaba-agredida-em-sp;-video

G1 Santos

Menina de 17 anos reage a assalto, luta com bandido e acaba agredida em SP; VÍDEO

Vítima de 17 anos foi assaltada enquanto seguia para a escola, em Guarujá (SP). Jovem reage a tentativa de assalto, é ferida na cabeça e criminoso sai sem levar nada Uma adolescente de 17 anos levou quatro pontos na cabeça após brigar com um assaltante armado em Guarujá, no litoral de São Paulo. O bandido queria o celular da vítima, mas fugiu sem levar nada. Imagens obtidas pelo g1 nesta […]

today3 de agosto de 2022 117

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%