G1 Santos

Deputado é flagrado usando ‘giroflex’ em carro oficial em SP para se sentir ‘mais seguro’

today31 de julho de 2023 8

share close

Um carro oficial do deputado estadual Paulo Mansur (PL), de São Paulo, foi visto com luzes ‘giroflex’ na Rodovia dos Imigrantes, que liga o litoral paulista à capital. Ao g1, nesta segunda-feira (31), o político informou ter usado o equipamento por “segurança”. O acessório é exclusivo para veículos de emergência, segundo o Código de Trânsito Brasileiro.

O g1 apurou que a placa do carro condiz com o Toyota Corolla XEI listado no site da Assembleia Legislativa Paulista (Alesp) como automóvel utilizado pelo deputado. O veículo foi flagrado com as luzes ‘giroflex’, na altura do vidro traseiro, enquanto era conduzido na Rodovia dos Imigrantes, na última quarta-feira (26). O registro foi feito por outro motorista, que estava logo atrás.

O político informou, por meio de nota, não ser o único deputado que usa o ‘giroflex’ e, inclusive, ter “herdado o equipamento” de outro parlamentar – de nome não divulgado – assim que assumiu o cargo. Segundo Mansur, este colega usou o aparelho durante os quatro anos de mandato.



O deputado estadual pontuou que, por conta disso, acreditou que o uso era liberado para parlamentares. Mansur alegou que o equipamento será retirado do veículo, uma vez esclarecida a proibição do uso junto à Alesp.

O deputado acrescentou que, além da atividade legislativa, também apresenta uma programa de televisão na ‘linha policial’. Mansur afirmou já ter recebido ameaças, uma vez que fala diariamente sobre o crime organizado.

“O uso do giroflex é para segurança”, afirmou Mansur, em nota enviada pela assessoria. “A placa preta chama a atenção, e como figura pública e exposta, sinto receio de ficar parado no trânsito, a mercê dos criminosos”.

Código de Trânsito Brasileiro

Segundo o artigo 29 do Código de Trânsito Brasileiro, o “uso de dispositivos de alarme sonoro e de iluminação vermelha intermitente só poderá ocorrer quando da efetiva prestação de serviço de urgência”.

Ainda segundo o artigo, são considerados ‘veículos de emergência’ os automóveis: “destinados a socorro de incêndio e salvamento [Corpo de Bombeiros], os de polícia, os de fiscalização e operação de trânsito, as ambulâncias [administração pública ou iniciativa privada] e os veículos destinados a socorro de salvamento difuso em serviço de urgência relativo a acidentes ambientais [Defesa Civil]”.

O g1 entrou em contato com a Polícia Militar Rodoviária (PMR), em busca de mais informações sobre o uso de ‘giroflex’ em veículos que não estão listados no artigo, mas não recebeu um retorno até a última atualização desta matéria.

Ao g1, a Alesp informou que todos os veículos oficiais da assembleia devem obediência às determinações do Código Brasileiro de Trânsito, sendo seus condutores responsáveis.

A Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo informou ter publicado o Ato de Mesa 36/2021, que, em seu Artigo 18, afirma o seguinte: “Aos condutores designados para dirigir caberá a responsabilidade pelas infrações por eles praticadas na direção dos veículos”.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

G1 Santos

‘Sniper’ suspeito de matar policial da Rota fez vídeo pedindo para Tarcísio ‘parar matança’ antes de se entregar

A ouvidoria informou estar investigando denúncias de tortura e ameaças de morte que teriam sido feitas por policiais e relatadas por moradores. Em vídeo gravado antes de ser preso, o suspeito de matar o PM da Rota Patrick Bastos Reis afirma, em relato direcionado ao governador de SP e ao secretário de Segurança Pública, que estão "matando uma 'pá' de gente inocente". Ele diz não ter nada a ver com o caso, mas que vai se entregar. Erickson diz ainda […]

today31 de julho de 2023 11

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%