G1 Santos

Desfile das escolas de samba de Santos ganha novo regulamento; confira as novidades

today16 de janeiro de 2024 3

Fundo
share close

As regras do desfile do Carnaval de Santos 2024, marcado para as noite de 2 e 3 de fevereiro, na Passarela do Samba Dráuzio da Cruz, no bairro Castelo, no litoral de São Paulo, foram definidas com um novo regulamento. As mudanças foram publicadas no Diário Oficial da cidade.

Uma das principais mudanças no decreto é a aplicação de uma multa para escolas que desrespeitarem as regras e as concorrentes. Além disso, houve mudanças na quantidade de membros da comissão julgadora e no sistema de pontuação.

Confira os detalhes abaixo:



O número de julgadores subiu de 27 para 36 — de três para quatro em cada um dos noves quesitos. O aumento de membros influencia no sistema de pontuação. Desta vez, a menor nota será descartada, como acontece nos desfiles de São Paulo e do Rio de Janeiro.

A mudança coloca uma cabine a mais de julgadores no final da passarela. De acordo com o presidente da Liga Independente Cultural das Escolas de Samba de Santos (Licess), Fábio Przygoda, essa é a novidade mais importante no regulamento.

“Isso torna o julgamento ainda mais criterioso e faz com que as escolas saiam de uma certa zona de conforto ao final do desfile, onde o campo de visão da terceira cabine não era tão amplo”, explicou ele.

O número de carros alegóricos também aumentou. No Grupo Especial, passa de dois para três, enquanto no de Acesso vai de um para dois.

A Prefeitura de Santos aumentou em 5,88% o valor a ser destinado para cada escola de samba. Cada agremiação do Grupo Especial recebeu R$ 180 mil e as que estão no de Acesso R$ 90 mil.

Em paralelo, a Liga avançou este ano com a contratação de uma empresa para elaboração de projetos individuais por escola, através da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet), todos aprovados e em fase de captação.

De acordo com o regulamento, a primeira e a segunda colocada ganharão troféu. A premiação em dinheiro será de R$ 29.280 para vencedora e R$ 15.520 para vice-campeã. Em 2023, foi de R$ 26.620 e R$ 13.200, respectivamente.

As escolas que desrespeitarem as regras e as concorrentes no desfile e na apuração estarão sujeitas a multas. Os valores são de até R$ 30 mil para as que integram o Grupo Especial e R$ 15 mil para as do Acesso.

Duas escolas que irão desfilar no Grupo Especial cairão para o Grupo de Acesso, que terá apenas uma promovida. O secretário de Cultura de Santos, Rafael Leal, afirmou que vê essa mudança como a mais relevante.

“Isso vai tornar, sem dúvida, o Carnaval mais emocionante. Em 2025, teremos oito escolas no Grupo Especial e sete no de Acesso”, afirmou o secretário.

VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

pedreiro-desaparece-apos-brigar-com-ex-mulher-e-sair-de-casa-no-litoral-de-sp:-‘desespero’,-diz-irma

G1 Santos

Pedreiro desaparece após brigar com ex-mulher e sair de casa no litoral de SP: ‘desespero’, diz irmã

Um pedreiro, de 41 anos, desapareceu após brigar com a ex-esposa e sair para beber em Vicente de Carvalho, em Guarujá, no litoral de São Paulo. A família de Carlos Barbosa da Costa registrou um boletim de ocorrência e se mobiliza para localizá-lo desde segunda-feira (8). A professora Angela Barbosa da Costa, de 43 anos, explicou ao g1 que o irmão teve uma briga com a ex-companheira na casa onde […]

today16 de janeiro de 2024 2

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%