G1 Mundo

Destroços de naufrágio que matou 28 pessoas em 1914 são encontrados nos EUA

today17 de abril de 2023 10

Fundo
share close

Pesquisadores de Michigan, nos Estados Unidos, encontraram os destroços de dois barcos que desapareceram no Lago Superior, em 1914. A Sociedade Histórica dos Naufrágios dos Grandes Lagos disse na terça-feira (11) que espera que a descoberta leve os especialistas a uma terceira embarcação que naufragou ao mesmo tempo, matando 28 pessoas.

Ric Mixter, membro do conselho da Sociedade e historiador marítimo, disse que testemunhar a descoberta é um ponto alto de sua carreira.

“[O achado] não apenas resolveu um capítulo no dia mais sombrio da história madeireira do país, mas também apresentou uma equipe de historiadores que dedicaram suas vidas para garantir que essas histórias não fossem esquecidas”, afirmou em comunicado.



Os veículos de propriedade da Edward Hines Lumber Company afundaram no gelado lado em 18 de novembro de 1914, quando uma tempestade caiu enquanto eles transportavam madeira de Baraga, Michigan, para Tonawanda, Nova York. O barco a vapor C.F. Curtis estava rebocando as barcaças Selden E. Marvin e Annie M. Peterson; todas as 28 pessoas a bordo morreram.

O barco Selden E. Marvin, naufragado em 1914, encontrado no Lago Superior, EUA, em agosto de 2022. — Foto: Great Lakes Shipwreck Historical Society

A equipe encontrou os destroços do Curtis durante o verão de 2021 e do Marvin um ano depois, a poucos quilômetros do local onde a primeira embarcação havia sido descoberta. Os dois barcos, no entanto, estavam mais ao fundo do lago do que os relatos de 1914 sugeriam.

Além disso, os especialistas notaram danos na proa do Marvin e na popa do Curtis, o que sugere a possibilidade de uma colisão entre as embarcações. A equipe pretende continuar as investigações no verão deste ano.

“Uma das coisas que nos deixou orgulhosos quando descobrimos essas coisas é ajudar a juntar as peças do quebra-cabeça do que aconteceu com essas 28 pessoas”, disse Corey Adkins, diretor de conteúdo e comunicações da Sociedade. “Já se passaram 109 anos, mas talvez ainda haja alguns familiares que queiram saber o que aconteceu. Podemos começar a responder a essas perguntas.”

O barco C.F. Curtis, naufragado em 1914, encontrado no Lago Superior, EUA, em agosto de 2022. — Foto: Great Lakes Shipwreck Historical Society




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

entenda-peso-das-sancoes-dos-eua-a-hungria,-aliada-na-otan,-mas-apoiadora-da-russia

G1 Mundo

Entenda peso das sanções dos EUA à Hungria, aliada na Otan, mas apoiadora da Rússia

Os Estados Unidos, por outro lado, são vistos como agressores – e não apenas na Ucrânia, mas também na Hungria. Em uníssono, a mídia pró-Viktor Orbán, o primeiro-ministro húngaro, aponta que os americanos estão atacando a soberania da Hungria e forçando o país a "entrar em uma guerra". Manifestações antiamericanas tão estridentes como as que se vê agora não foram tão perceptíveis na Hungria nos últimos anos, mesmo sob o […]

today17 de abril de 2023 12

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%