G1 Mundo

Dezenas de meninas são intoxicadas em novos ataques a escolas no Irã

today8 de abril de 2023 7

Fundo
share close

Dezenas de meninas foram intoxicadas neste sábado (8) em várias escolas do Irã, país que é cenário há mais de quatro meses de casos misteriosos de envenenamentos de estudantes, informou a imprensa local.

Desde o final de novembro, muitas escolas, em sua maioria para meninas, foram afetadas por intoxicações repentinas provocadas por gases ou substâncias tóxicas, que provocam mal-estar e desmaios, às vezes seguidos por internações.

O diretor da Comissão Nacional para Apuração dos Fatos, deputado Hamidreza Kazemi, anunciou que o relatório final do organismo será publicado dentro de duas semanas.



“Ao menos 60 estudantes foram envenenadas (neste sábado) em uma escola para meninas de Haftkel”, na província de Khuzestan (sudoeste), informou a agência de notícias Iribnews, que citou um funcionário do governo como fonte.

Outras meninas também foram intoxicadas em cinco escolas de Ardabil, na região noroeste. Elas mostraram “sintomas de ansiedade, dificuldade para respirar e dor de cabeça”, acrescentou a mesma fonte.

Em Urmia, capital da província do Azerbaijão Ocidental (noroeste), “um número indeterminado” de estudantes de uma escola do ensino básico também foi afetado “após uma projeção de gás”, afirmou a agência Ilna, sem revelar mais detalhes.

Um balanço oficial divulgado em 7 de março citou “mais de 5.000 estudantes” intoxicadas em mais de 230 estabelecimentos localizados em 25 províncias – o país tem 31 províncias.

As intoxicações sofreram uma pausa no início de março, após o anúncio de mais de 100 detenções, mas recomeçaram três semanas depois.

O líder supremo iraniano, o aiatolá Ali Khamenei, solicitou em 6 de março “sentenças severas”, incluindo a pena de morte, para os responsáveis pelos envenenamentos.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

por-que-a-mesquita-de-al-aqsa-em-jerusalem-e-foco-historico-de-tensao-entre-judeus-e-muculmanos

G1 Mundo

Por que a mesquita de Al-Aqsa em Jerusalém é foco histórico de tensão entre judeus e muçulmanos

As tropas israelenses afirmaram que estavam procurando jovens que tentavam se ‘entrincheirar’ com os fiéis que estavam em plena oração. Fontes palestinas acusaram as forças de segurança de usar balas de borracha e granadas de efeito moral, o que deixou cerca de 50 pessoas feridas. A polícia alegou que os jovens palestinos estavam usando pedras e fogos de artifício como armas. Policiais israelenses e fiéis palestinos voltam a se enfrentar […]

today8 de abril de 2023 11

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%