G1 Mundo

Diretor de uma das principais prisões da Colômbia é morto a tiros, e governo anuncia medidas em todo o país

today17 de maio de 2024 7

Fundo
share close

Coronel estava no comando do presídio ‘La Modelo’ e estava sendo ameaçado por detentos. Presidente Gustavo Petro anunciou conselho extraordinário de segurança.


Diretor de uma das principais penitenciárias da Colômbia foi morto a tiros — Foto: Andrea Ariza/AFP



O diretor da prisão La Modelo, um dos principais centros penitenciários da Colômbia, foi morto a tiros nesta quinta-feira (16), em Bogotá. Ele estava recebendo ameaças de morte, segundo o ministro da Justiça, Néstor Osuna.

O coronel reformado Elmer Fernández foi alvejado dentro de um carro da autoridade carcerária Inpec. Ele estava no comando da unidade desde o início de abril

O assassinato levou o governo a anunciar a criação de um conselho de segurança extraordinário para estabelecer medidas para todas as prisões do país.

“Ele cumpria as ordens de impor disciplina e fazia revistas aleatórias. Hoje, foi assassinado de forma vil”, lamentou o presidente do país, Gustavo Petro, em uma rede social.

Segundo a imprensa local, Fernández havia recebido há algumas semanas ameaças em panfletos por parte de detentos, que o alertaram para não voltar a ordenar operações dos guardas em alguns pátios da prisão.

A “La Modelo” abriga cerca de 3 mil detentos.

VÍDEOS: mais assistidos do g1




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

medico-condenado-a-16-anos-de-prisao-por-trafico-e-solto-e-volta-a-atuar-no-samu-no-litoral-de-sp

G1 Santos

Médico condenado a 16 anos de prisão por tráfico é solto e volta a atuar no Samu no litoral de SP

Questionada sobre o motivo de não ter pedido a exoneração do médico, preso em 2013, e aberto um novo concurso, uma vez que agora alega número insuficiente de profissionais, Santos informou que Frederico havia sido afastado do cargo e que, no período, novos processos seletivos foram abertos. Já São Vicente declarou que o homem não integra o quadro permanente de servidores da cidade. Frederico, que inclusive já foi candidato derrotado […]

today17 de maio de 2024 22

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%