G1 Mundo

Entenda o conflito diplomático entre Venezuela e Argentina e por que há seis pessoas refugiadas na embaixada em Caracas

today17 de maio de 2024 6

Fundo
share close

Em março, a Procuradoria Geral da Venezuela afirmou que tinha mandados de prisão para seis assessores de Maria Corina Machado, uma das principais políticas de oposição na Venezuela.

Para não serem presos, os seis se refugiaram na embaixada da Argentina em Caracas, a capital da Venezuela.

Desde então, o governo do presidente Javier Milei, da Argentina, e o da Venezuela estão em conversas para que esses seis assessores possam sair do país.



Em abril, o governo de Nicolás Maduro chegou a sinalizar que as seis pessoas receberiam permissão para sair do país.

No entanto, agora o regime chavista sinaliza que mudou de ideia. Na quarta-feira (15), uma autoridade de governo disse à agência de notícias Reuters que a Venezuela não garante a passagem segura.

Nesta quinta-feira, Diosdado Cabello, o segundo na linha de comando do partido no poder, disse algo na mesma linha: “Eu acho que hoje saiu a resposta do governo da Venezuela: negado. Não haverá passagem segura para os que não amam esse país”.

Fachada da residência do embaixador da Argentina em Caracas, em 24 de março de 2024 — Foto: Federico Parra/AFP

A oposição afirma que é uma perseguição.

O porta-voz do governo da Argentina, Manuel Adorni, afirmou que o governo da argentina segue em diálogo com os venezuelanos para tentar garantir a passagem segura das seis pessoas.

Em um programa de TV, Cabello afirmou que a Argentina não vai pressionar o regime chavista.

Maria Corina afirma que os assessores dela não fizeram nada para serem presos, tentou ser a candidata da oposição para as eleições presidenciais que acontecem em 28 de julho, mas ela foi proibida de concorrer pela Suprema Corte do país.

Ela passou a apoiar o candidato Edmundo Gonzalez.

Maduro chama partido de oposição de terrorista; 6 oponentes buscam abrigo na embaixada da Argentina em Caracas, na Venezuela

Maduro chama partido de oposição de terrorista; 6 oponentes buscam abrigo na embaixada da Argentina em Caracas, na Venezuela




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

ladrao-sem-uma-perna,-que-tentou-invadir-casa,-e-preso-apos-serie-de-crimes-no-litoral-de-sp;-video

G1 Santos

Ladrão sem uma perna, que tentou invadir casa, é preso após série de crimes no litoral de SP; VÍDEO

Um homem de 43 anos, que tem apenas uma perna, foi preso em Itanhaém, no litoral de São Paulo, por ser suspeito de traficar drogas. Segundo apurado pelo g1, Fabiano Pereira dos Santos acumula um histórico de denúncias pelos crimes de roubo e furto. No último fim de semana, ele foi flagrado tentando entrar em uma casa do bairro Satélite (assista acima). Conforme apurado pela equipe de reportagem, o homem […]

today17 de maio de 2024 9

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%