G1 Mundo

Entenda por que o ex-namorado da promotora que processou Trump no estado da Geórgia pediu demissão

today15 de março de 2024 5

Fundo
share close

O ex-namorado, Nathan Wade, pediu demissão horas depois da decisão da Justiça.

Fani processou Trump e outras 14 pessoas de tentar reverter os resultados da votação para presidente em 2020, que foram vencidas por Joe Biden no estado da Geórgia.

Em janeiro, um dos acusados pediu para que a Justiça afastasse Fani do cargo porque o principal investigador, o advogado Nathan Wade, que Fani nomeou como promotor, tinha uma relação amorosa com ela.



Além disso, ele pagou passagens de avião para ela –ou seja, o advogado recebeu dinheiro da promotoria e usou uma parte desse dinheiro para comprar passagens para a promotora.

Os documentos do divórcio da promotora Fani Willis comprovam que ela realmente viajou duas vezes com passagens pagas pelo advogado.

Ela admitiu que teve uma relação amorosa com o advogado que nomeou para integrar a equipe.

Trump e seus aliados afirmam que se trata de um conflito de interesse e que houve violação do código de ética do estado e do país. Fani afirma que não houve conflito de interesse.

O afastamento de Fani iria atrasar o processo, e a tática de Donald Trump em todos os seus processo na Justiça tem sido tentar prolongar os julgamentos.

Quatro réus depõem contra Trump em tentativa de fraude na eleição presidencial na Georgia

Quatro réus depõem contra Trump em tentativa de fraude na eleição presidencial na Georgia

O juiz Scott McAfee decidiu que Fani pode seguir no caso, mas desde que Nathan Wade, com quem ela teve uma relação amorosa, se afaste. Wade pediu demissão horas depois.

McAfee concluiu que não há provas suficientes de um “conflito de interesses” devido ao relacionamento íntimo de Fani Willis com Wade.

O juiz afirmou, entretanto, haver “um aparente comportamento inadequado” e denunciou uma “enorme falta de juízo” por parte da procuradora do distrito.

Quatro dos réus na Geórgia se declararam culpados de acusações menores e foram condenados a penas reduzidas, sem prisão.

Trump se declarou inocente de conspirar para reverter os resultados eleitorais de 2020 na Geórgia, onde foi derrotado por Biden por uma margem de 12.000 votos.

Ao lado de Trump, entre os acusados, estão seu ex-advogado pessoal, Rudy Giuliani, e seu último chefe de gabinete da Casa Branca, Mark Meadows.

De acordo com o “New York Times”, apesar de Fani ter permanecido com esse processo, a história com o ex-namorado dela prejudica sua imagem, e que isso pode ser levado em conta pelos jurados na hora de tomar uma decisão.

Tanto Fani como Trump podem recorrer da decisão do juiz McAfee de manter Fani no cargo, o que pode atrasar ainda mais o julgamento.

Fora isso, o Senado estadual (em alguns estados dos EUA, o legislativo é bicameral) está analisando a acusação de conflito de interesses, e existe uma comissão de legisladores que pode investigar e eventualmente demitir promotores.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

lula-nao-cita-maduro-ao-listar-governos-progressistas-na-america-do-sul

G1 Mundo

Lula não cita Maduro ao listar governos progressistas na América do Sul

Lula deu a declaração em Porto Alegre, durante um evento no qual detalhou investimentos previstos para o Rio Grande do Sul no Programa de Aceleração de Crescimento (PAC). O presidente afirmou que a política 'está medíocre' atualmente, criticou a extrema-direita e citou Gabriel Boric (Chile), Gustavo Petro (Colômbia) e Luis Arce (Bolívia) como os progressistas que restaram na região. Como está medíocre a política nos dias de hoje. Eu tive […]

today15 de março de 2024 5

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%