G1 Mundo

Enviada de Biden se reunirá nesta semana com assessor de Lula para discutir Conselho da ONU e G20, informa embaixada

today19 de julho de 2023 14

Fundo
share close

A Embaixada dos Estados Unidos no Brasil informou nesta quarta-feira (19) que a subsecretária de Estado para Assuntos Políticos, Victoria Nuland, vai se reunir com Celso Amorim, assessor especial do presidente Lula para assuntos internacionais. O encontro está marcado para esta quinta-feira (20), no Palácio do Planalto.

De acordo com a embaixada, a enviada de Joe Biden e Amorim discutirão, entre outros temas, a cooperação entre os países no Conselho de Segurança das Nações Unidas e no G20 – que reúne as principais economias do mundo.

O Brasil assumirá a presidência do Conselho da ONU em outubro deste ano e o comando do G20, em dezembro.



Desde que assumiu o Palácio do Planalto, em janeiro deste ano, o presidente Lula tem defendido que os organismos multilaterais, entre os quais o Conselho de Segurança da ONU e o que ele tem chamado de “G20 da paz”, busquem medidas para tentar pôr fim à guerra entre Rússia e Ucrânia.

Os Estados Unidos têm feito frequentes anúncios de apoio militar à Ucrânia, com envio de recursos e munições, por exemplo.

O Brasil, por sua vez, tem defendido que alguns países formem um grupo para tentar negociar com a Rússia e com a Ucrânia o fim da guerra.

Esse “clube da paz” defendido por Lula poderia ter, por exemplo, segundo o presidente, países como Índia, Indonésia e Vietnã.

Declarações de Lula sobre a guerra, no entanto, têm gerado críticas em parte da comunidade internacional.

Embora sempre diga condenar a guerra, Lula gerou polêmica ao dizer, por exemplo, que a Ucrânia também tem responsabilidade pelo conflito.

Além disso, Lula foi criticado pelo governo Biden ao dizer que Estados Unidos e União Europeia contribuem para que a guerra prossiga.

O Brasil assumirá a presidência do G20 em dezembro deste ano. O grupo reúne representantes das maiores economias do mundo. O Brasil ficará à frente do G20 até novembro de 2024.

A expectativa é que Lula paute no grupo discussões sobre desigualdade e sustentabilidade. Em recentes declarações, o presidente tem cobrado mudanças na atuação do G20, afirmando que o grupo precisa, por exemplo, incluir a União Africana e passar a discutir temas como inflação e taxa de juros.

Lula também tem cobrado ação do G20 em relação à violência nas redes sociais, defendendo que o grupo adote medidas para que as plataformas não sejam utilizadas para disseminação de “fake news”, discurso de ódio ou práticas terroristas.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

ladroes-invadem-casa-de-emerson-fittipaldi-na-italia-e-levam-mais-de-r$-1,3-milhao-em-bens

G1 Mundo

Ladrões invadem casa de Emerson Fittipaldi na Itália e levam mais de R$ 1,3 milhão em bens

De acordo com a mídia italiana, Fittipaldi mora há anos na região do Lago de Garda, onde fica a casa, mas ele não estava na residência no momento em que os ladrões entraram. Emerson Fittipaldi após participação no estande da Kia durante o Salão do Automóvel 2018, em São Paulo — Foto: Fábio Tito/G1 Uma quadrilha conseguiu entrar em uma casa do ex-piloto Emerson Fittipaldi na Itália. Os criminosos levaram […]

today19 de julho de 2023 6

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%