Pleno News

Escolas cristãs: Uma grande oportunidade negligenciada por igrejas e investidores?

today2 de abril de 2024 7

Fundo
share close

Marisa Lobo – 02/04/2024 13h49

Atividade na escola

Há uma grande necessidade de escolas com princípios cristãos, para nossos filhos Foto: Pexels

Hoje, se perguntarmos a qualquer pai e mãe cristãos dedicados à formação moral dos filhos, se eles se preocupam com a doutrinação ideológica nas instituições de ensino do país, sem dúvida a absoluta maioria dirá que sim. Essa pergunta nos faz pensar na seguinte questão: o que falta para que igrejas invistam pesado na abertura de escolas cristãs?

Somos um país conservador, cuja maioria da população defende os valores bíblicos já arraigados em nossa cultura. Porém, temos visto nos últimos anos o fortalecimento de movimentos que, apesar de minoritários, têm promovido uma verdadeira lavagem cerebral de crianças e adolescentes por meio do ensino escolar.

Isso tem sido acompanhado com preocupação por famílias cristãs; muitas delas reféns do aparelhamento ideológico do Estado, pois não possuem condições de colocar os filhos em algumas poucas escolas cristãs famosas, particulares, devido ao custo elevado das mensalidades.

Ao mesmo tempo, o número de igrejas tem aumentado exponencialmente no país, muitas delas com filiais em quase ou em todos os estados. Temos investido em eventos, infraestrutura, mídias e em muitas outras coisas, o que é bom, mas será que não estamos negligenciando a educação dos nossos filhos, a futura Igreja, em um momento onde a guerra cultural que atravessamos tem sido cada vez mais difícil?



Oportunidade


Penso que no cenário atual, igrejas e investidores, cristãos em geral, têm a grande oportunidade de investir na abertura de escolas cristãs, dando aos próprios membros e à sociedade como um todo, a chance de oferecer educação de qualidade e confessional para crianças e adolescentes.

Não me refiro à criação de escolas denominacionais, necessariamente, como algumas que já existem, mas também escolas independentes que podem ser de pequeno, médio ou grande porte, porém confessionais, não apenas vinculadas à uma Convenção, mas também à igreja local, comunitária.

Algumas igrejas até já possuem estrutura para o ensino, com salas e auditório, área de lazer, refeitório e sanitários. Uma adaptação pode ser necessária, visando atender aos requisitos legais para o funcionamento, também, como instituição escolar. O fato aqui, porém, é que se existe essa possibilidade, ela deve ser explorada para o nosso benefício.

Também penso que este é um excelente nicho para investidores em geral, especialmente os cristãos, considerando a demanda por ensino de qualidade e de confiança em termos de formação moral. Pais e mães estão sedentos por isso, e eles podem ser os seus maiores parceiros para fazer o negócio dar certo.

Conclusão


Se há uma demanda e, principalmente, também uma urgência quanto à defesa dos valores cristãos, o que falta para investirmos pesado na abertura de mais escolas genuinamente cristãs, comprometidas com a proclamação do Reino de Deus e com o ensino de qualidade?

Devemos pensar nisso como Igreja, entendendo que a educação das futuras gerações pode ser o nosso maior trabalho missionário, pois alcança um público que depende da nossa orientação para continuar caminhando segundo a vontade de Deus. Fica aqui o meu alerta e sugestão.

Marisa Lobo possui graduação em Psicologia, é pós-graduada em Filosofia de Direitos Humanos e em Saúde Mental e tem habilitação para Magistério Superior.

* Este texto reflete a opinião do autor e não, necessariamente, a do Pleno.News.

Siga-nos nas nossas redes!

O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Pleno News.

Por: Marisa Lobo

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

falso-policial-envolvido-em-‘gabinete-do-crime’-e-suspeito-de-manter-‘sala-de-extorsao’-e-preso-no-litoral-de-sp

G1 Santos

Falso policial envolvido em ‘Gabinete do Crime’ e suspeito de manter ‘sala de extorsão’ é preso no litoral de SP

Conhecido como ‘Ganso’, Márcio Ricardo Pereira Mendes, de 45 anos, foi preso em Praia Grande, no litoral de São Paulo. Segundo apurado pelo g1, ele atuava dentro do 'Gabinete do Crime' e estava foragido por atuar como falso policial em uma organização criminosa, que inventava crimes para extorquir dinheiro de empresários em Indaiatuba (SP). De acordo com o Ministério Público (MP), mais de uma dezena de empresários foram vítimas. A […]

today2 de abril de 2024 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%