G1 Santos

Esposa de entregador baleado na cabeça disse ter perdido o ‘herói’ no terceiro assalto em 40 dias: ‘ele estava em pânico’

today5 de fevereiro de 2023 49

Fundo
share close

“Isso [dele ter atropelado] é uma inverdade. O vídeo mostra o bandido indo de um lado ao outro, virando de costas e conforme, meu marido vai fazendo a curva, ele pula na frente do carro. Já estava com a arma na mão, a gente percebe que ele ergue [o punho], atira e o impulso faz ele bater na pessoa que atirou nele. [Ele] morreu, [o carro] ficou desgovernado e bateu no muro”, explicou.

Suely afirmou que o marido trabalhava há aproximadamente dois anos como entregador da empresa terceirizada dos Correios e que nos últimos dias estava com medo por causa das tentativas de assalto que vinha sofrendo.

“Foi ceifado da vida. Em 40 dias, ele sofreu três ataques de assalto. No primeiro, ninguém fez nada com ele, mas levaram toda mercadoria. No segundo, houve uma tentativa, ele percebeu e fugiu. No terceiro esses cinco elementos pegaram ele de surpresa [e ele morreu]”.



“Depois dessas duas tentativas ele já tinha ficado apavorado, mas como precisava sustentar a casa”. Suely disse que Sérgio “saia rezando porque sabia que estava em risco”.

Ele estava em pânico com o que estava acontecendo de modo geral. Ele conhece pessoas que fazem entrega em toda a Baixada Santista e sabe que está desse jeito [perigoso]”, disse.

Antes de trabalhar como entregador de mercadorias, Sérgio era caminhoneiro no Porto de Santos. “Andava com contêiner para cima e para baixo viajando. Depois, [foi trabalhar com] caminhão menor porque a estrada é perigosa, mas continuava fazendo entrega, estave sempre em risco. Esse trabalho de caminhoneiro, entregador, de transporte de um modo geral é sempre arriscado”.

Sérgio (foto) acelerou contra o criminoso e foi morto com um tiro na cabeça — Foto: reprodução

Suely contou que estava em um relacionamento de 27 anos com Sérgio que, segundo ela, era uma pessoa muito amada e querida por todos. “Era meu cuidador, essa é a verdade. Uma pessoa muito querida, o pessoal da Vila [condomínio do casal] adorava ele, ajudava muito essas pessoas aqui“.

“Era uma pessoa doce, um homem enorme, um herói. E eu perdi nosso protetor por causa de uma pessoa que não tem nem nome para classificar”, afirmou.

Ela ressaltou que só espera que a Justiça seja feita. “Alguém precisa fazer alguma coisa para proteger esses trabalhadores que todo dia, todo santo dia saem de casa com a vida nas mãos e não sabem se voltam para casa. Ele saiu da minha casa de manhã, ainda não voltou e não vai voltar. O que espero é Justiça, é o mínimo que a gente espera”.

A viúva afirmou, ainda, que não recebeu nenhum apoio por parte dos Correios e da empresa terceirizada. “O que a gerente [dos Correios] conseguiu com a empresa terceirizada foi antecipar um salário de alguns dias trabalhados, só isso”. Suely disse também ter entrado em contato com a terceirizada para receber aquilo que a vítima tem direito, mas ficou sem resposta. “Não estão atendendo”.

O velório e sepultamento de Sérgio ocorrerá na manhã deste domingo (5) no Cemitério Municipal de São Vicente. O g1 entrou em contato com o Correios, mas não obteve retorno até a última atualização desta reportagem.

Entregador leva tiro na cabeça e morre após atropelar criminoso em tentativa de assalto

Entregador leva tiro na cabeça e morre após atropelar criminoso em tentativa de assalto

Um entregador de encomendas foi morto com um tiro na cabeça após atropelar um criminoso durante tentativa de assalto em São Vicente. O bandido estava acompanhado de um comparsa, na sexta-feira (3), no bairro Vila Melo. Imagens obtidas pelo g1 mostram a vítima acelerando contra um dos homens. (veja o vídeo abaixo)

Segundo a Polícia Civil, o entregador estava trabalhando quando foi abordado pela dupla, que se posicionou em frente ao veículo na Rua Major Eugênio Terral, por volta das 12h10. A vítima atropelou um dos criminosos, que disparou contra ele e o fez perder o controle da direção e colidir contra um muro. A vítima foi socorrida ao Hospital Municipal (Antigo Crei), mas não resistiu aos ferimentos.

Ainda de acordo com a polícia, o criminoso atropelado e o comparsa escaparam no veículo de um motorista de aplicativo, que estava com outros dois bandidos no carro. Após finalizar a corrida, o condutor foi ao 1º DP onde registrou o ocorrido e contou que conhecia um dos infratores, pois fazia corridas particulares para ele.

Segundo apurado pelo g1, dos quatro criminosos, um está hospitalizado e outro foi identificado com ajuda do motorista do aplicativo, que foi preso. Dois criminosos seguem sem identificação. O caso foi registrado como latrocínio e é investigado pelo 1° DP.

VÍDEOS: Mais assistidos do g1 nos últimos 7 dias




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

washington-sugere-colocar-misseis-no-japao-para-reforcar-as-defesas-contra-a-china

G1 Mundo

Washington sugere colocar mísseis no Japão para reforçar as defesas contra a China

A implantação das forças dos EUA no Japão pode incluir armas hipersônicas de longo alcance e Tomahawks. Os EUA enviaram sistemas de lançamento de mísseis Himars para a Ucrânia — mas podem tê-los modificado para que não atinjam o território russo. — Foto: EPA via BBC Washington sugeriu a implantação de mísseis de médio alcance no Japão como parte de um plano para reforçar as defesas contra a China ao […]

today5 de fevereiro de 2023 12

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%