G1 Santos

Estudante de 17 anos da rede estadual é aprovado em medicina na USP: ‘abri mão de muitos prazeres’

today10 de fevereiro de 2023 29

Fundo
share close

Um estudante de 17 anos natural de Santos, no litoral de São Paulo, foi aprovado em Medicina na Universidade de São Paulo (USP) após um ano de muita renúncia, esforço e foco nos livros e anotações. Jorge Mathias Santos revelou ao g1 ter sido bem dedicado à rotina e ao método de estudo adotado por ele, com a divisão das matérias por listas, algo julgou fundamental para conquistar o objetivo.

Jorge sempre estudou em escola estadual, mas no último ano do Ensino Médio, em 2022, começou um cursinho preparatório para vestibular junto à escola. No meio do ano, ele ingressou em um segundo curso preparatório enquanto concluía o ano letivo.

“Você tem que se comprometer a estudar. É importante manter a saúde mental em dia e cuidar de si próprio, mas também ter consciência de que é uma coisa difícil”.



O jovem aprovado em medicina disse que fazer diversas listas de exercício foi um ponto muito importante nos estudos dele. Segundo Jorge, esse método o ajudou especialmente a entender as matérias que tinha mais dificuldade, como Física. “Geralmente seguem um padrão”, conta. A persistência ajuda a familiarizar o vestibulando com as questões que deve enfrentar na prova.

Jovem aprovado em medicina na USP aos 17 anos conta que listas de exercícios o ajudaram nos estudos — Foto: Arquivo pessoal

A primeira lista de aprovados na USP foi divulgada em 27 de janeiro. Apesar do estudo intenso, Jorge confessou ter ficado apreensivo pelo do resultado. “Tive que dar uma pausa no basquete e abrir mão de algumas saídas com meus amigos, mas valeu a pena”, disse, emocionado.

“Tive que abrir mão de muitos prazeres para conseguir. É um desafio”, disse.

Jorge contou ao g1 que decidiu que cursaria medicina no primeiro ano do Ensino Médio, quando percebeu que a profissão exige muita responsabilidade. “Sempre gostei muito de desafio”.

Além disso, ele diz que também se espelhou na mãe, que se formou médica aos 36 anos. “Ela foi auxiliar de enfermagem por muitos anos, até que conseguiu entrar num curso de medicina e se formar médica”, finaliza.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

cristao-e-sentenciado-a-morte:-“eu-nao-sigo-ninguem-alem-de-jesus”

Gospel Prime

Cristão é sentenciado a morte: “Eu não sigo ninguém além de Jesus”

Um homem de 34 anos, chamado Ashfaq Masih, foi condenado à morte por blasfêmia por um tribunal em Lahore, da província do Panjabe, no Paquistão. Nesse sentido, em 2017, Masih se envolveu num confronto um cliente em sua oficina de consertos de motocicletas que solicitou que sua conta fosse anulada com o argumento de que ele era um devoto religioso, Masih se recusou a fazê-lo, afirmando que acreditava em Jesus […]

today10 de fevereiro de 2023 16

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%