G1 Mundo

Estudante dos EUA desaparece após saltar de navio em área infestada de tubarões nas Bahamas

today2 de junho de 2023 10

Fundo
share close

O jovem foi identificado como Cameron Robbins, de 18 anos, da cidade de Baton Rouge, no estado da Louisiana. Ele era um dos passageiros do navio Blackbeard’s Revenge, que estava perto da ilha de Athol, e pulou no mar e sumiu.

A Guarda Costeira também realizou uma busca, mas depois de dois dias encerrou as operações.

Cameron Robbins em foto com a família — Foto: Reprodução/Snapchat via NBC



Um vídeo publicado em redes sociais com as imagens de Robbins tem sido bastante compartilhado e visualizado.

Raymond King, um oficial da Marinha das Bahamas, afirmou ao jornal “The Daily Mail” que as águas ao redor da Ilha de Athol são muito perigosas por causa dos tubarões.

No vídeo, é possível ouvir pessoas gritando para que Robbins agarre uma boia, mas ele nada na direção oposta.

O navio permaneceu na área por várias horas enquanto a tripulação fazia buscas por Robbins. No entanto, as tentativas de localizá-lo foram infrutíferas.

Costa de cidade nas Bahamas — Foto: NBC




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

karim-khan,-o-promotor-de-haia-que-ordenou-a-prisao-de-putin-e-investiga-maduro-por-crimes-contra-a-humanidade

G1 Mundo

Karim Khan, o promotor de Haia que ordenou a prisão de Putin e investiga Maduro por crimes contra a humanidade

O princípio de reciprocidade foi aplicado pelo Kremlin, que incluiu Khan na lista dos procurados, acusando-o de iniciar um processo penal contra uma pessoa notoriamente inocente — no caso, Putin. Terceiro a ocupar o cargo de procurador principal na corte internacional de Haia, o britânico Khan, de 53 anos, não se intimida e segue adiante: tem na mira o regime venezuelano, de Nicolás Maduro, por crimes contra a humanidade. Num […]

today2 de junho de 2023 18

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%