G1 Mundo

EUA afunda três navios e mata dez rebeldes houthis no Mar Vermelho

today31 de dezembro de 2023 9

Fundo
share close

O porta-voz dos rebeldes, Yahya Saree, afirmou na rede social X (antigo Twitter) que dez de seus integrantes morreram em “um ataque das forças do inimigo americano contra três barcos das forças navais iemenitas”.

Uma fonte portuária informou anteriormente que “dez rebeldes morreram e outros dois ficaram feridos no ataque americano contra embarcações huthis que tentavam interceptar um barco no mar em frente a Hodeida”, no Iêmen.

Os feridos foram resgatados e levados ao hospital, e outros quatro sobreviveram.



Segundo o Comando Central dos Estados Unidos no Oriente Médio (Centcom) , os houthis atiraram contra helicópteros americanos, e eles responderam em legítima defesa, afundando três dos quatro pequenos navios.

A Marinha americana respondeu a um pedido de assistência do “Maersk Hangzhou”, um cargueiro com bandeira de Singapura, pertencente à Dinamarca e operado por esse país, que disse ter sido atacado pela segunda vez em 24 horas enquanto navegava pelo Mar Vermelho.

O navio já tinha sido alvo de dois mísseis disparados a partir do território iemenita, controlado pelos huthis, que o Exército americano derrubou.

Desde que teve início o conflito entre Israel e Hamas, após o ataque mortal realizado pelo movimento islamista palestino ao território israelense em 7 de outubro, os houthis atacaram embarcações no Mar Vermelho em várias ocasiões, e afirmaram que o fazem em apoio aos palestinos em Gaza.

Estes ataques, que ocorrem em uma importante via de tráfego comercial, levaram os Estados Unidos a ativarem no começo do mês uma força naval multinacional para proteger os navios que navegam pelo Mar Vermelho.

Logo após o anúncio dos EUA, a companhia dinamarquesa Maersk informou que suspenderia o tráfego de seus navios pelo Mar Vermelho por 48 horas.

Rebeldes Houthis divulgam momento do lançamento de mísseis e drones contra Israel

Rebeldes Houthis divulgam momento do lançamento de mísseis e drones contra Israel




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

presidente-do-congo-e-reeleito-apos-eleicao-contestada

G1 Mundo

Presidente do Congo é reeleito após eleição contestada

Felix Tshisekedi, foi reeleito para um segundo mandato com mais de 73% dos votos na eleição de 20 de dezembro, de acordo com a comissão eleitoral do país. Material de campanha de Felix Tshisekedi, da República Democrática do Congo — Foto: Justin Makangara/Reuters A comissão eleitoral da República Democrática do Congo afirmou neste domingo (31) que o atual presidente do país, Felix Tshisekedi, foi reeleito para um segundo mandato com […]

today31 de dezembro de 2023 6

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%