G1 Mundo

Ex-premiê paquistanês é preso dentro da Suprema Corte, e apoiadores tomam ruas

today9 de maio de 2023 11

Fundo
share close

Khan foi preso dentro da Suprema Corte de Islamabad, onde trabalhava atualmente. Ele trava uma forte disputa política com o atual governo do país desde que deixou o poder, em 2022.

O ex-premiê responde a mais de cem processos por corrupção em seu governo, e a polícia já havia tentado prendê-lo antes em sua casa, mas, em todas as vezes, enfrentou forte resistência de manifestantes e abortou as missões.

Desta vez, policiais armados entraram no prédio da Suprema Corte e carregaram Khan até uma viatura policial, já sob protestos de apoiadores.



Centenas de pessoas foram às ruas em protesto e queimaram camburões e viaturas policiais. Segundo a polícia, dez pessoas ficaram feridas.

O ex-premiê do Paquiestão Imran Khan durante uma entrevista em Lahore, no Paquistão, em novembro de 2022. — Foto: K.M. Chaudhry/ AP

Imran Khan foi deposto do poder por votação parlamentar em abril de 2022, por conta das denúncias por corrupção. Ele cumpriu quatro dos cinco anos de mandato, seguindo uma tendência no Paquistão, onde, nas últimas décadas, nenhum primeiro-ministro conseguiu concluir seu mandato no tempo normal.

Na maioria dos processos que responde, Khan, caso condenado, pode ser impedido de ocupar cargos públicos, com uma eleição nacional marcada para novembro.

O ministro do Interior do Paquistão, Rana Sanaullah, disse a repórteres que Khan foi preso pelo Escritório Nacional de Responsabilidade (NAB, na sigla em inglês) depois de não comparecer perante o órgão “apesar dos avisos”.

Manifestantes atiram pedras em camburão da polícia do Paquistão em Islamabad, em protesto contra prisão de ex-premiê, em 9 de maio de 2023. — Foto: Akhtar Soomro/ Reuters

O partido do ex-líder do país, o Tehreek-e-Insaf, convocou manifestações por todo o país, e apoiadores saíram às ruas enfurecidos. Na capital, viaturas e camburões da polícia foram queimados.

“Povo do Paquistão, esta é a hora de salvar seu país. Você não terá outra oportunidade”, escreveu o partido no Twitter.

A prisão ocorre em um momento em que os paquistaneses estão sofrendo com a pior crise econômica em décadas, com inflação alta recorde e crescimento anêmico.

Um pacote de resgate do Fundo Monetário Internacional foi adiado por meses, embora as reservas cambiais mal sejam suficientes para cobrir as importações de um mês.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

mulher-vai-a-tribunal-na-china-apos-hospital-se-recusar-a-congelar-seus-ovulos

G1 Mundo

Mulher vai a tribunal na China após hospital se recusar a congelar seus óvulos

O Hospital de Obstetrícia e Ginecologia de Pequim se recusou a congelar os óvulos de Teresa Xu, uma escritora solteira de 35 anos em 2019. O apelo de Xu ocorre no momento em que a atitude das autoridades em dar às mulheres solteiras acesso a tecnologias reprodutivas começa a diminuir. "As pessoas têm prestado muita atenção ao caso, e isso é muito importante para as mulheres solteiras... Acho que isso […]

today9 de maio de 2023 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%