G1 Mundo

Explosão é registrada na cidade de Oxford, na Inglaterra

today2 de outubro de 2023 6

Fundo
share close

Ainda não se sabe o que causou a explosão. Nas redes sociais há vídeos que registram o fogo.


Vídeos publicados em redes sociais nesta segunda-feira (2) mostram uma grande explosão na cidade de Oxford, na Inglaterra.



A polícia do Reino Unido afirmou que um raio atingiu um container de gás em um aterro sanitário.

A Sky News publicou algo semelhante: uma testemunha afirmou que foi um incêndio causado por um raio.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!

http://g1.globo.com/

http://g1.globo.com/




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

negacionismo,-pedido-de-desculpas,-‘gatinho-mimoso’:-como-foi-1o-debate-entre-candidatos-na-argentina

G1 Mundo

Negacionismo, pedido de desculpas, ‘gatinho mimoso’: como foi 1º debate entre candidatos na Argentina

À beira de um colapso econômico, a Argentina vai às urnas em 22 de outubro, sob tensão também política por conta do favoritismo do candidato da extrema direita, Javier Milei, que se declara "anarcocapitalista" e levanta bandeiras polêmicas como fechar o Banco Central (leia mais abaixo). As principais pesquisas indicam Milei e Massa no segundo turno, mas Bullrich apareceu em segundo lugar em um novo levantamento publicado horas antes do […]

today2 de outubro de 2023 12

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%