G1 Mundo

Explosão em São Petersburgo, na Rússia, destrói parte de terminal de gás natural

today21 de janeiro de 2024 5

Fundo
share close

Segundo a Novatek, a maior produtora de gás natural da Rússia, a explosão ocorreu por “causas externas”. Chamas foram vistas por toda a cidade, a segunda maior do país, de acordo com a imprensa local.

Moradores, ainda segundo a imprensa da cidade, relataram ter avistado drones sobrevoado a cidade. A agência de notícias russa Interfax afirmou, com base em fontes do governo russo, que o incêndio foi provocado por um ataque com drones da Ucrânia. A suspeita é de que as explosões são uma retaliação a bombardeios recentes da Rússia em grandes cidades ucranianas (leia mais abaixo).

“De acordo com informações preliminares, o incêndio foi resultado de influência externa”, afirmou a Novatek em um comunicado, sem citar mais detalhes das causas da explosão.



Kiev ainda não havia se manifestado até a última atualização desta reportagem, mas, desde o início da guerra na Ucrânia, há quase dois anos, o governo ucraniano adotou a praxe de não falar sobre ataques atribuídos ao Exército do país.

Ucrânia ataca depósito de petróleo na Rússia

Ucrânia ataca depósito de petróleo na Rússia

Mais cedo, 18 pessoas morreram e outras dez ficaram feridas após forças da Ucrânia bombardearem Donetsk, uma das cidades ucranianas atualmente controladas pela Rússia, segundo o chefe regional nomeado pela Rússia, Denis Pushilin.

O prefeito da cidade também nomeado pela Rússia Alexei Kulemzin afirmou que o ataque ocorreu em uma área movimentada da cidade, onde estão localizadas lojas e um mercado.

Donetsk é uma das quatro regiões ucranianas que a Rússia alegou ter anexado após um referendo local no ano passado. A anexação não foi reconhecida pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pela maioria dos países na Assembleia Geral das Nações Unidas.

Rússia faz ataque massivo a várias regiões da Ucrânia

Rússia faz ataque massivo a várias regiões da Ucrânia

A suspeita é de que as explosões reportadas neste domingo sejam uma retaliação da Ucrânia a uma escalada recente de bombardeios russos na Ucrânia, contrastando com o cenário da guerra no país ao longo de 2023, com ações mais concentradas nas frentes de batalha.

Desde o fim de dezembro, tropas russas têm bombardeado uma série de alvos civis ao redor do país vizinho, segundo autoridades ucranianas. Em 29 de dezembro, Moscou fez um dos maiores ataques coordenados à Ucrânia, atingindo alvos civis como uma maternidade e deixando 30 mortos, segundo Kiev.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

quem-e-a-mulher-mais-visada-do-equador

G1 Mundo

Quem é a mulher mais visada do Equador

Desde que expôs, no mês passado, as ligações do narcotráfico com juízes, procuradores, policiais e políticos, Diana Salazar recebeu 15 ameaças de morte e tornou-se a mulher mais visada do Equador. A segurança pessoal da procuradora-geral do país é equiparada à do presidente Daniel Noboa: ela usa permanentemente um colete à prova de balas e tem escolta policial até para ir ao banheiro. Primeira mulher negra a ocupar o cargo, […]

today21 de janeiro de 2024 5

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%