G1 Santos

Fake News que inspirou ‘Travessia’ se repete exatos nove anos depois com espancamento na mesma cidade do litoral de SP

today5 de maio de 2023

Fundo
share close

Nove anos separam dois crimes brutais ocorridos, pela mesma razão, na cidade de Guarujá, no litoral de São Paulo. Por conta da disseminação de notícias falsas entre moradores, uma dona de casa e um motociclista foram arrastados e espancados nas ruas da cidade.

Acusados de matar a dona de casa Fabiane Maria de Jesus são condenados



Acusados de matar a dona de casa Fabiane Maria de Jesus são condenados

Já no dia 3 de maio de 2023, um motociclista foi interceptado, na mesma cidade, e brutalmente espancado por um grupo após um grito de ‘pega ladrão’. Ele era apontado como o responsável pelo roubo de uma moto. Neste caso, ele sobreviveu, mas está internado na UTI. Os vídeos também foram amplamente divulgados como se ele fosse um criminoso.

Além da data, os dois casos tiveram ainda mais em comum. Ambos foram vítimas de desinformação. No caso de Fabiane, foi comprovado que ela era inocente e que nunca havia cometido um crime. Já na história desta semana, o dono do veículo que teria sido roubado disse que havia emprestado a moto e que o agredido era ‘trabalhador’.

Homem é agredido por moradores e fica desacordado em Guarujá

Homem é agredido por moradores e fica desacordado em Guarujá

A história de Fabiane, inclusive, inspirou a novela ‘Travessia’, no ar no horário nobre da Rede Globo e que terá seu último capítulo exibido nesta sexta-feira (5). Na época, o caso tomou grande repercussão nacional e acabou chamando a atenção da autora Glória Perez.

A história inspirou o linchamento de Brisa (Lucy Alves) em um dos momentos mais tensos da trama. A personagem foi vítima de uma notícia falsa após seu rosto ter sido inserido na foto de uma mulher acusada de sequestrar crianças.

Cena de ‘Travessia’ quando Brisa foi espancada após Fake News — Foto: Reprodução / Rede Globo

Nove anos após o crime, a família de Fabiane ainda briga na Justiça por indenização. Em entrevista ao g1, o eletricista Josenildo Alves das Neves, cunhado de Fabiane, afirmou que os familiares queriam a responsabilização não só do autor do post mas, também, do Facebook.

“Se tivessem feito uma postagem com responsabilidade, a história poderia ser diferente. Esse é o perigo das fake news. Querendo ou não, o Facebook é responsável por filtrar essas coisas. Tudo tem que ter o seu limite”.

Yasmin Maria de Jesus, filha de Fabiane, segue com o processo contra o Facebook, por acreditar que a ação é ‘uma forma de combater a divulgação de notícias falsas nas redes sociais’.

Já na história do motociclista, o dono do veículo fez questão de procurar a polícia para desmentir qualquer informação de crime. Segundo ele, a moto havia sido emprestada no mesmo dia em que ocorreram as agressões. O homem, que preferiu não se identificar, disse que mantém contato com a vítima há alguns anos e que ele não costuma se envolver em confusão, além de ser trabalhador.

O homem agredido está internado na UTI do Hospital Santo Amaro em estado grave. Em nota, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que a Polícia Civil investiga o caso de agressão ocorrido no bairro Pae-Cará. Foram requisitados exames pericias ao IC e o caso foi registrado como lesão corporal no 2º DP de Guarujá.

Fabiane e motociclista foram brutalmente espancados por conta de Fake News — Foto: g1




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

projeto-cultural-aborda-historia-do-samba-com-oficinas-e-apresentacao-musical

Prefeitura de Guarujá

Projeto cultural aborda história do samba com oficinas e apresentação musical

Eventos aconteceram no Teatro Municipal Procópio Ferreira Na última semana, a rede municipal de ensino de Guarujá recebeu o Projeto Sedento – Trio Gato com Fome, que realizou capacitação e apresentação musical a professores e alunos inscritos, com idade entre 12 e 18 anos. As ações foram realizadas no Teatro Municipal Procópio Ferreira (Jardim Tejereba), através de uma oficina de instrumentos e ainda, de apresentação musical de samba. Antes, em […]

today5 de maio de 2023

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%