Gospel Prime

Festa do Tomate cancela presença de Felippe Valadão por “intolerância”

today9 de junho de 2022 15

Fundo
share close

Os organizadores da Festa do Tomate 2022, que será realizada na cidade de Paty do Alferes (RJ), entre os dias 12 a 19 de junho de 2022, decidiram cancelar a apresentação do pastor Felippe Valadão devido as acusações de intolerância religiosa.

De acordo com a organização do evento, a decisão foi tomada em conjunto com o pastor, depois que o pastor foi denunciado por supostos ataques contra religiões africanas, por usar o termo “endemoniados” para se referir aos pais de santo e profetizar o fechamento espiritual dos terreiros de umbanda.

Embora a presença do pastor tenha sido cancelada, a presença da pastora Helena Raquel e da cantora Gabriela Rocha foram confirmadas no evento, assim como o cantores Davi Sacer e Andrea fontes.

Valadão é pastor da Lagoinha Niterói, no Rio de Janeiro, e pregava em Itaboraí, município do Rio de Janeiro, quando usou as palavras com peso religioso, que tinham como objetivo expressar o desejo de que os pais de santo se convertessem ao Cristianismo.

“Avisa aí para esses endemoniados de Itaboraí que o tempo da bagunça espiritual acabou. A igreja está na rua! A igreja está de pé! Pode matar galinha, pode fazer farofa, pode fazer o que quiser. E ainda digo mais: prepara para ver muito centro de umbanda fechado na cidade (…) Deus vai começar a salvar esses pais de santo que tem aqui na cidade”, disse o pastor durante a explanação.






Todos os créditos desta notícia pertecem a Gospel Prime.

Por: Redacao

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

familia-e-orientada-a-cavar-cova-em-cemiterio-no-interior-de-sp-para-enterrar-idosa-de-95-anos:-‘absurdo’

G1 Santos

Família é orientada a cavar cova em cemitério no interior de SP para enterrar idosa de 95 anos: ‘absurdo’

Prefeitura informou à família que cemitério não possui coveiro. Antonia Rosa Iorio morreu no Hospital Regional de Registro e contou à família que gostaria de ser enterrada em Sete Barras, onde nasceu. Nora tenta realizar desejo de sogra de ser enterrada em Sete Barras, SP, e é informada que deveria cavar ela mesma a cova — Foto: Arquivo Pessoal/ Reprodução Google Maps A família de Antonia Rosa Iorio, de 95 […]

today9 de junho de 2022 18

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%