G1 Mundo

‘Ficamos satisfeitos com a sentença’, diz irmã de homem morto por brasileiro durante surto na Holanda

today9 de fevereiro de 2024 5

Fundo
share close

Alan Lopes foi esfaqueado 99 vezes por Begoleã Mendes Fernandes, que pensava que a vítima queria ‘devorá-lo’. Justiça holandesa considerou o réu esquizofrênico e determinou internação compulsória.


Begoleã Fernandes é natural de Matipó, na Zona da Mata mineira — Foto: Redes sociais



Kamila Lopes, de 26 anos, falou ao g1 que os familiares não pretendem recorrer da decisão, desde que a defesa de Begoleã também não apresente recurso.

Além da internação por tempo indeterminado, a Justiça determinou, nesta quinta-feira (8), pagamento de indenização de 27,6 mil euros à mãe de Alan e de 17,5 mil euros ao pai.

“Ficamos satisfeitos com a sentença”, disse Kamila.

Segundo a decisão judicial, Begoleã tem esquizofrenia e sofria de transtorno mental no momento do crime. Ele foi considerado não punível em veredito proferido nesta quinta-feira (8).

Pedido do Ministério Público

A internação compulsória já tinha sido solicitada pelo Ministério Público holandês, após a perícia concluir que o brasileiro desenvolveu um delírio paranoico em relação à vítima – ele se convenceu equivocadamente de que Alan era canibal e de que pretendia matá-lo e depois comê-lo. O medo e o delírio teriam motivado o homicídio.

Ainda de acordo com o Ministério Público, o crime foi planejado. No dia 26 de fevereiro de 2023, o suspeito foi a casa de Alan, em Amsterdã, e o matou a facadas.

Quem é Begoleã, brasileiro que diz ter matado amigo e viajou com carne na bagagem

Quem é Begoleã, brasileiro que diz ter matado amigo e viajou com carne na bagagem

Nos autos judiciais consta que Begoleã cresceu no Brasil e foi para Holanda no início de 2020. Ele queria começar uma carreira como kickboxer e encontrou uma academia em Amsterdã, onde treinava de quatro a cinco dias por semana.

Ainda segundo o documento, o mineiro tinha vários empregos, mas ganhava pouco e tinha dificuldade em encontrar um lugar para dormir. Alan e a mãe dele ofereceram abrigo por algum tempo.

Assassinato e acusação de canibalismo: veja a casa em que brasileiro foi morto em Amsterdã

Assassinato e acusação de canibalismo: veja a casa em que brasileiro foi morto em Amsterdã

Segundo o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) de Portugal, ele pretendia viajar para Belo Horizonte e apresentou um cartão de identidade italiano, além de portar outros documentos de identificação em nome de terceiros, o que levantou suspeitas.

Vídeos mais assistidos do g1 Minas




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

na-argentina,-deputados-governistas-tentam-criminalizar-aborto,-mas-porta-voz-de-milei-diz-que-tema-nao-esta-na-‘agenda’

G1 Mundo

Na Argentina, deputados governistas tentam criminalizar aborto, mas porta-voz de Milei diz que tema não está na ‘agenda’

Na noite de quarta-feira (8) uma deputada do partido A Liberdade Avança (LLA), o mesmo do presidente Javier Milei, apresentou no Congresso da Argentina um projeto de lei para revogar o aborto legal no país, mas horas depois o porta-voz do governo afirmou que não se trata de iniciativa do Executivo. O aborto é legal na Argentina desde 2020. Rocío Bonacci, autora do projeto de lei para voltar com a […]

today9 de fevereiro de 2024 3

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%