G1 Mundo

Forças israelenses dizem que drone não identificado atingiu cidade de Eilat

today9 de novembro de 2023 3

Fundo
share close

Um drone não identificado atingiu um prédio civil na cidade portuária de Eilat, no sul de Israel, disseram as forças militares israelenses nesta quinta-feira (9), causando apenas danos leves e nenhum ferido.

Nas últimas semanas, o movimento Houthi, alinhado com o Irã no Iêmen, lançou repetidos ataques com mísseis e drones contra Israel, mas todos foram abatidos ou falharam.

“A identidade do drone e os detalhes do incidente estão sob revisão”, disseram as forças israelenses em comunicado, referindo-se à sigla em inglês para um veículo aéreo não-tripulado.



Em um incidente separado, os militares disseram que na área do Mar Vermelho, à qual Israel tem acesso através do porto de Eilat, seu sistema de defesa aérea “Arrow” interceptou com sucesso um míssil lançado em direção ao seu território.

Os houthis fazem parte da aliança regional alinhada com o Irã, que também inclui o Hezbollah do Líbano, que tem apoiado o Hamas no seu conflito com Israel.

Os houthis governam áreas do Iêmen, incluindo a capital Sanaa, a mais de mil quilômetros de Israel.

Israel reforçou a sua presença naval no Mar Vermelho para melhor proteger a sua costa sul, enquanto os Estados Unidos também têm uma quantidade significativa de poder naval na região.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

alvaro-uribe,-ex-presidente-da-colombia,-e-denunciado-na-argentina-por-crimes-contra-humanidade

G1 Mundo

Alvaro Uribe, ex-presidente da Colômbia, é denunciado na Argentina por crimes contra humanidade

Esse é o caso conhecido como "falsos positivos". Nos anos 2000, as forças militares da Colômbia davam benefícios, como promoções e dias de folga, se os militares mostrassem que tinham matado guerrilheiros. Os falsos positivos eram pessoas que eram enganadas dizendo que teriam emprego em uma outra região do país. Ao chegar lá, as vítimas eram vestidas com roupas semelhantes às de guerrilheiros e então eram executadas. Alguns militares afirmaram […]

today9 de novembro de 2023 4

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%