G1 Santos

Funcionários de refinaria passam mal após comerem carne estragada no litoral de SP

today24 de novembro de 2023 1

Fundo
share close

Trabalhadores da Refinaria Presidente Bernardes de Cubatão (RPBC), no litoral de São Paulo, passaram mal após ingerirem comida estragada durante o expediente em restaurantes da empresa. Segundo apurado pelo g1, nesta sexta-feira (24), a má qualidade do alimento foi denunciada ao Sindicato dos Petroleiros do Litoral Paulista (Sindipetro-LP), que acionou a Petrobras para cobrar uma atitude.

O problema ocorreu nos restaurantes do Centro Administrativo (Cead) e Centro de Controle Integrado (CCI). De acordo com a denúncia de funcionários, ouvidos pelo Sindicato, carne estragada com mau cheiro e moscas foi servida nas dependências da unidade. Após consumirem a proteína, alguns deles precisaram ser encaminhados à enfermaria.

Segundo um funcionário terceirizado da refinaria ouvido pelo g1, que preferiu não se identificar, a má qualidade da comida não é uma novidade. Ele já passou mal três vezes ao comer a carne cozida servida. Em uma delas, ele teve sintomas como dor de cabeça “insuportável”, diarreia e vômito.



“Eu posso afirmar por mim mesmo que não aconteceu só uma vez. E, outros colegas também passaram pela situação. Mas, levamos isso ao nosso gerente e não deu em nada”, lamentou ele, que informou ter passado mal pela primeira vez no ano passado.

De acordo com ele, a situação é recorrente, mas só veio à tona porque desta vez foi um funcionário contratado que denunciou. Na segunda e na terceira vez, em que apresentou os sintomas, ele optou por procurar atendimento em um hospital particular da cidade.

O Sindipetro-LP afirma que não tolerará negligência na alimentação dos funcionários, cuja qualidade é assegurada no Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) e respaldada pela lei 5811. Para o sindicato, a situação pode se caracterizar como sabotagem, já que os trabalhadores acabam preferindo se alimentar por conta própria.

Ao g1, o coordenador-geral do Sindipetro-LP, Fábio Mello, afirmou que a Petrobras assumiu o compromisso de reforçar os métodos de controle e processamento para garantir os direitos de alimentação dos funcionários com a devida qualidade. Ele considera que o problema “já foi resolvido”. O funcionário ouvido pelo g1, por outro lado, afirma que não houve melhorias.

Procurada, a Petrobras informou que houve a comunicação de um funcionário, na segunda-feira (20), sobre a textura e o sabor da proteína servida no restaurante. A proteína foi recolhida “de forma preventiva” e substituída do cardápio. Uma amostra foi enviada para análise laboratorial externa.

De acordo com a petroleira, não houve distúrbios alimentares com empregado próprio ou colaborador contratado. A Petrobras afirma que a fiscalização do serviço de alimentação é realizada conforme os padrões vigentes da Anvisa e reforça o compromisso “com a atenção total às pessoas e respeito às normas e leis vigentes”.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

cantor-preso-por-manter-‘floresta-de-maconha’-anuncia-volta-aos-palcos:-‘obrigado-a-todos-os-meus-aliados’;-video

G1 Santos

Cantor preso por manter ‘floresta de maconha’ anuncia volta aos palcos: ‘obrigado a todos os meus aliados’; VÍDEO

O cantor Gustavo Tavares da Mata Barreto, conhecido como Gustavo Fildzz, fez uma postagem nas nas redes sociais depois de ter deixado a cadeia em outubro. Ele foi preso em 2 de agosto por ser suspeito de chefiar um esquema tráfico de drogas. Além de vocalista da banda Aliados, ele é ex-campeão de ginástica olímpica; No vídeo publicado, o artista agradeceu a todos que estiveram ao lado dele no momento […]

today24 de novembro de 2023 6

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%