Gospel Prime

Gangue no Haiti abre fogo contra igreja, deixando 20 mortos

today30 de agosto de 2023 2

Fundo
share close

No sábado, um protesto organizado por um líder de uma igreja cristã resultou em pelo menos sete mortes no Haiti. O protesto ocorreu em uma região suburbana ao norte da capital, Porto Príncipe, controlada por uma gangue. A gangue abriu fogo com metralhadoras contra os manifestantes. 

Pelo menos 10 mortes foram relatadas. O diretor do grupo local de direitos CARDH, Gedeon Jean, disse que o número final provavelmente será maior. Ele acrescentou que várias pessoas ficaram feridas e alguns membros da igreja foram sequestrados. 

Nesse sentido, vídeos compartilhados na plataforma X, anteriormente conhecida como Twitter, mostraram cerca de 100 pessoas, muitas usando camisas amarelas associadas ao grupo religioso do Pastor Marco, marchando no subúrbio de Canaan. Alguns manifestantes carregavam paus e facões. 

Além disso, vídeos não verificados nas redes sociais mostram pessoas sendo baleadas na rua, corpos no chão e pessoas que parecem ser reféns dizendo que achavam que a marcha era pacífica e que não tinham ideia de que se tratava de um confronto com a gangue.

De acordo com Reuters, muitos haitianos têm se juntado a grupos de autodefesa civis conhecidos como “Bwa Kale“, um movimento que inspirou esperança, mas também desencadeou retaliação contra civis e provocou temores de que esses grupos estejam incentivando a violência. 






Todos os créditos desta notícia pertecem a Gospel Prime.

Por: Redacao

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

homem-armado-com-submetralhadora-e-morto-em-confronto-com-a-pm;-acao-policial-soma-24-mortes-no-litoral-de-sp

G1 Santos

Homem armado com submetralhadora é morto em confronto com a PM; ação policial soma 24 mortes no litoral de SP

Um homem, de 31 anos, foi morto em confronto com a PM durante um patrulhamento policial pela Operação Escudo, no Sítio Cachoeira, em Guarujá, no litoral de São Paulo. Com isso, chegou a 24 o número de mortos na ação policial, que foi deflagrada em 28 de julho após o assassinato do PM da Rota, Patrick Bastos Reis, que levou um tiro em serviço pela Vila Julia, na mesma cidade. […]

today30 de agosto de 2023 2

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%