G1 Santos

Gêmeos do crime são presos após homicídio de PM e tentativa de latrocínio em rodovia de SP

today3 de fevereiro de 2024 7

Fundo
share close

O PM Silva, de 28 anos, morreu após ter sido baleado na Rodovia dos Imigrantes, na altura de Cubatão, em 26 de janeiro. O crime foi cometido enquanto o agente voltava para casa e desencadeou a 7ª Operação Escudo.

A ação pode ser deflagrada sempre que há ataque a policiais. Em julho de 2023, após a execução do PM Patrick Bastos Reis, operação semelhante foi instaurada em Guarujá. Ela durou 40 dias e resultou em 28 mortes, além de prisões e apreensões.

Já o guarda, de 39 anos, sobreviveu após ser baleado no trecho de interligação entre as rodovias Anchieta e Imigrantes, também na altura de Cubatão. Ele estava em uma motocicleta voltando para a casa, em São Bernardo do Campo (SP), na madrugada de 23 de janeiro.



Delegado de Polícia Seccional de Santos, Rubens Eduardo Barazal Teixeira, durante coletiva de imprensa — Foto: TV Tribuna/Reprodução

Durante entrevista coletiva, na última sexta-feira (2), o delegado de Polícia Seccional de Santos, Rubens Eduardo Barazal Teixeira, explicou que após investigações os policiais chegaram até os irmãos, que foram conduzidos ao 2° DP de Santos para passar por reconhecimento de vítimas e por interrogatório.

Na delegacia, Danilo confessou a participação na morte do PM. Segundo o delegado, há outros envolvidos que não foram identificados e, por isso, a Polícia Civil segue com as investigações. O irmão dele, Diego, não teria relação com o crime.

Diego, porém, foi identificado por vítimas de três crimes. Uma foi roubada na Via Anchieta, e as outras duas na Rodovia dos Imigrantes. Ele também é considerado um dos suspeitos na tentativa de latrocínio do GCM de Praia Grande. A Polícia também segue com investigações para identificação e prisão dos outros criminosos.

Os irmãos moram próximo às rodovias no Conjunto habitacional Tancredo Neves, em São Vicente. “Ficou evidenciado uma associação criminosa entre eles e esses outros indivíduos, até então não identificados, para a prática de crimes contra patrimônio e atentado a vida dessas vítimas de roubo”, disse o delegado.

PM foi morto a tiros enquanto voltava para casa na Rodovia dos Imigrantes, em Cubatão (SP) — Foto: g1 Santos

O crime aconteceu por volta das 2h37, no km 63 da rodovia, na pista sentido São Paulo. De acordo com o boletim de ocorrência, Marcelo integrava o 38º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano (BPM/M) de São Paulo, mas fazia parte do reforço da Operação Verão, em Praia Grande (SP).

Uma equipe da Polícia Militar Rodoviária (PMR) foi acionada e, ao chegar no local, se deparou com a vítima no chão. A moto do homem estava caída ao lado. Uma grande quantidade de munições estava espalhada na rodovia. O armamento de Marcelo, no entanto, não foi encontrado.

Segundo a Polícia Civil, Marcelo foi atingido por um disparo na cabeça e dois no abdômen. Em nota, a Polícia Militar (PM) e a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP-SP) informaram ao g1 que a 7ª Operação Escudo terá o apoio do Policiamento de Choque. O objetivo é identificar e responsabilizar os criminosos que participaram da morte de Marcelo.

PM da Operação Verão foi morto a tiros ao voltar para casa de moto na rodovia dos Imigrantes, SP — Foto: Reprodução/Redes Sociais e g1 Santos

Relembre a tentativa de latrocínio

A tentativa de assalto aconteceu na madrugada de 23 de janeiro, na altura do bairro Jardim Nova República, em Cubatão (SP). O guarda foi encaminhado ao pronto-socorro Central da cidade e, em seguida, transferido para o Hospital Igesp, em Praia Grande.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP), a vítima conduzia uma motocicleta na pista quando foi surpreendida por dois assaltantes. A PM Rodoviária foi acionada para atender a ocorrência e encontrou a vítima consciente e deitada no gramado do canteiro central.

Guarda civil foi baleado durante tentativa de latrocínio em rodovia — Foto: Arquivo/A Tribuna Jornal

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

o-que-se-sabe-sobre-o-caso-da-mulher-que-denunciou-12-homens-por-estupro-e-ficou-gravida-em-festa-de-pms

G1 Santos

O que se sabe sobre o caso da mulher que denunciou 12 homens por estupro e ficou grávida em festa de PMs

A mulher, de 33 anos, alega que os homens fizeram uma ‘fila' para estuprá-la após ser dopada - ainda com momentos de consciência - na festa que aconteceu em uma casa alugada. Ela disse ter interrompido a gestação por vontade própria após o quarto mês.  A PM informou ter instaurado uma sindicância para apurar a participação de agentes no crime. A Polícia Civil investiga o caso. Entenda o que se […]

today3 de fevereiro de 2024 11

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%