G1 Santos

Governador de SP nega retomada da Operação Escudo após soldado desaparecer: ‘não faz sentido’, diz

today17 de abril de 2024

Fundo
share close

O governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), negou que a Operação Escudo, realizada pela PM no litoral paulista, tenha sido retomada.

“Não tem Operação Escudo. Não tem. Eu falei com o secretário da Segurança Pública ontem, não faz sentido. A situação que envolve o sumiço desse policial é uma outra situação, absolutamente diversa”, disse Tarcísio na manhã desta quarta (17).

A informação tinha sido confirmada no dia anterior pelo porta-voz da Polícia Militar (PM), coronel Emerson Massera.



O oficial havia dito que a medida ocorreu após o soldado Luca Romano Angerami, de 21 anos, desaparecer na madrugada de domingo (14) na Baixada Santista.

“A Operação Escudo já foi retomada com todo rigor. A tendência é que ela seja ainda mais reforçada. Nós não descansaremos enquanto os responsáveis por esse crime sejam identificados e respondam efetivamente por ele”, disse Massera.

Mais cedo, em nota, a Secretaria da Segurança Pública havia informado que o policiamento na região foi reforçado, mas não deu nome para a ação.

“Após o desaparecimento do PM Luca Romano, no domingo (14), a PM deflagrou operação na região com o objetivo de identificar e prender os envolvidos. Cerca de 250 policiais foram deslocados para reforçar o policiamento, restabelecer a segurança e auxiliar nas buscas pelo soldado. Um homem de 36 anos foi preso, suspeito de participação no desaparecimento. Nesta terça-feira (16) a PM localizou o corpo de um homem, ainda não identificado, na região do Guarujá. O Corpo de Bombeiros foi acionado e retirou o corpo do local. A perícia foi acionada e as investigações seguem. Não há, no entanto, indícios de que se trate do policial desaparecido.”

A Operação Escudo recebeu diversas críticas de entidades ligadas aos direitos humanos por causa do número de mortes.

Ela foi deflagrada na região em julho de 2023, depois da morte do PM da Rota Patrick Bastos Reis. Na ocasião, o agente foi baleado durante patrulhamento em Guarujá (SP).

Secretário de Segurança de SP, Guilherme Derrite anuncia o fim da Operação Verão na Baixada Santista — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Meses após o encerramento da Escudo, o governou iniciou, em dezembro daquele mesmo ano, uma nova ação no litoral, batizada de Operação Verão.

Última Operação Escudo em 2023: Foi deflagrada na região após a morte do PM da Rota Patrick Bastos Reis, em julho do ano passado. Na ocasião, o agente foi baleado durante patrulhamento em Guarujá (SP). Nos 40 dias de ação, segundo divulgado pela SSP-SP, 28 suspeitos morreram em supostos confrontos com policiais e 958 pessoas foram presas.

Operação Verão em 2024: foi estabelecida na Baixada Santista em dezembro de 2023. No entanto, com a morte do PM Samuel Wesley Cosmo, em 2 de fevereiro, o estado deflagrou a 2ª fase da ação com o reforço policial na região. A ação durou quatro meses e foi encerrada com 56 mortes de suspeitos em confrontos com a polícia. Segundo a SSP-SP, no total, 1.025 foram presos, sendo 438 deles procurados pela Justiça, além de 47 menores apreendidos.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

chanceler-britanico-diz-que-israel-decidiu-retaliar-ataque-iraniano

Destaques

Chanceler britânico diz que Israel decidiu retaliar ataque iraniano

Israel decidiu retaliar o Irã após os ataques com mísseis e drones, declarou o ministro das Relações Exteriores do Reino Unido, David Cameron, durante sua visita a Israel nesta quarta-feira (17). Este aviso enfático indica que mais ataques podem estar por vir, aumentando a escalada regional. Depois dos ataques do Irã na noite de sábado, que envolveram centenas de mísseis e drones, as potências mundiais estão buscando evitar um conflito […]

today17 de abril de 2024 3

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%