G1 Mundo

Governo brasileiro acredita que vitória de Milei representaria ‘retrocesso diplomático’ nas relações entre Brasil e Argentina

today21 de outubro de 2023 8

Fundo
share close

Ao longo de sua campanha à presidência da Argentina, o candidato radical de extrema-direita deu uma série de declarações, críticas, ataques ao governo brasileiro e diretamente à figura do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).




Governo brasileiro teme vitória de Milei na Argentina

Governo brasileiro teme vitória de Milei na Argentina

Segundo apuração do repórter da GloboNews, Guilherme Balza, uma fonte de governo brasileiro disse “que uma vitória de Javier Milei representará um retrocesso diplomático sem precedentes no contexto da América do Sul e nas relações entre Brasil e Argentina”.

Ao longo de sua campanha à presidência da Argentina, o candidato radical de extrema-direita deu uma série de declarações, críticas, ataques ao governo brasileiro e diretamente à figura do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Milei já chamou Lula de comunista, totalitário, de socialista. Disse ainda que o governo Lula usurpa a liberdade de imprensa, que as urnas eletrônicas do sistema eleitoral brasileiro não são confiáveis e que o governo Lula foi o responsável pela tentativa de golpe de estado. Um discurso muito alinhado com aquilo que é dito por Bolsonaro e também pelos seus aliados.

Em razão dessa preocupação, um grupo de marqueteiros que são ligados ao PT, que atuaram na campanha de Lula na campanha e do ministro da Fazenda, Fernando Haddad no ano passado, foram trabalhar na campanha de outro candidato, Sérgio Massa para tentar impedir uma vitória do Javier Milei. O governo brasileiro teme que haja uma onda de direita nessa reta final, que não está sendo captada pelos institutos de pesquisa e que ele possa ganhar no primeiro turno.

De acordo com a fonte ligada ao governo, a principal preocupação é que se tiver um segundo turno Javier Milei pode adotar uma linha um pouco mais moderada, compor de alguma forma com o centro, mas se ele ganhar no primeiro turno, ele tem mais capital político para executar tudo aquilo que ele vem postulando.

O economista Javier Milei, candidato à presidência da Argentina, durante o ato de encerramento de campanha, nesta quarta (18) — Foto: Matias Baglietto/Reuters

VÍDEOS: mais assistidos do g1

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!

http://g1.globo.com/

http://g1.globo.com/




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

israel-nao-ocupara-gaza-‘para-sempre’,-diz-ministro

G1 Mundo

Israel não ocupará Gaza ‘para sempre’, diz ministro

Declaração é a primeira vez que autoridades de Israel falam sobre a duração de uma eventual ocupação de Israel em Gaza. Ministro falou ainda de três fases até retirada total das tropas, que deve ser 'lenta e gradual'. Soldados israelenses patrulham área próxima da fronteira com a Faixa de Gaza, no sul do país' — Foto: Amir Cohen/Reuters A iminente incursão de tropas israelenses na Faixa de Gaza por terra […]

today21 de outubro de 2023 4

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%