G1 Mundo

Governo do Tennessee tenta restringir shows de drags; Justiça federal libera apresentações e diz que lei do estado é inconstitucional

today3 de junho de 2023 8

Fundo
share close

Em fevereiro, o governador do Tennessee, Bill Lee, assinou uma nova lei que já havia sido aprovada pela assembleia estadual que tinha como propósito restringir as performances de drag.

De acordo com o texto, os infratores poderiam ser multados e condenados a até um ano de prisão, e os reincidentes poderiam enfrentar sentenças de até seis anos de prisão.

Nos últimos meses, 15 governadores do Partido Republicano (a direita dos EUA) tentaram limitar as apresentações de drag queens.



EUA: lei proíbe drag queens de se apresentarem em público e para crianças no Tennessee

EUA: lei proíbe drag queens de se apresentarem em público e para crianças no Tennessee

O juiz federal Thomas Parker, que foi indicado pelo ex-presidente republicano Donald Trump, decidiu na sexta-feira (2) que a lei era “ao mesmo tempo inconstitucionalmente vaga e excessivamente ampla”. A Primeira Emenda da Constituição determina que as leis que infringem a liberdade de expressão devem ser restritas e bem definidas, disse Parker, na decisão de 70 páginas.

Em sua decisão, Parker afirmou que a Suprema Corte nunca determinou que uma expressão sexualmente explícita, mas não obscena, não tem proteção da lei.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

americano-come-apenas-mcdonald’s-por-100-dias-e-diz-ter-perdido-mais-de-20-kg

G1 Mundo

Americano come apenas McDonald’s por 100 dias e diz ter perdido mais de 20 kg

Mas atenção! Nutricionistas alertam que uma alimentação baseada apenas em fast foods pode ser prejudicial para a saúde no longo prazo (veja detalhes sobre os riscos mais abaixo). O projeto de Maginnis teve início em 21 de fevereiro deste ano e atingiu a marca dos 100 dias na última quinta-feira (1º). De acordo com Maginnis, apesar de nada do cardápio da rede de restaurantes ter ficado de fora — nem […]

today3 de junho de 2023 10

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%