Prefeitura de Guarujá

Guarujá é pioneira na adesão ao mutirão de cirurgias do Estado 

today11 de junho de 2022 12

Fundo
share close

O Município assinou o Termo Aditivo com o Hospital Santo Amaro para mais de 250 cirurgias eletivas e pode diminuir fila de espera

Guarujá é pioneira na adesão ao mutirão de cirurgias eletivas do Governo Estadual e deverá reduzir fila de espera pelos procedimentos. O anúncio foi feito, na última quinta-feira (9), pela prefeita de Guarujá após o painel “Saúde: Retomada dos Atendimentos Pós Pandemia de Covid-19”, ministrado pelo secretário estadual de Saúde, Jean Gorinchteyn, no 5° Conexidades – Encontro Nacional de Parceiros Públicos e Privados, sediado no Município.

A chefe do Executivo solicitou ao governador Rodrigo Garcia que o Município aderisse ao mutirão há 15 dias, durante audiência no Palácio Bandeirantes. A Administração Municipal assinou, no início de junho, o Termo Aditivo com o Hospital Santo Amaro para a realização de cirurgias eletivas pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Poderão ser realizados mais de 250 procedimentos.

Em sua saudação no evento, a prefeita salientou que a medida é essencial para dar celeridade ao atendimento da população SUS dependente. “Levamos o pleito ao governador porque o Município tem limitações para abarcar procedimentos de alta complexidade. A pandemia nos deixou essa herança: a demanda reprimida de cirurgias eletivas. A resposta demonstra o olhar carinhoso do Estado para a saúde pública”, ressalta a chefe do Executivo.

Valorização do SUS



Gorinchteyn pontuou que a medida prevê que o Estado passe a pagar o dobro da tabela SUS para as cirurgias eletivas. “Aprendemos muito com a pandemia. As vacinas e o desejo de vacinar saíram do Estado de São Paulo e, a partir disso, podemos retomar as nossas vidas. A oncologia teve problemas por causa da pandemia e desde o ano passado temos feito corujões. Agora, venho pedir aos municípios para aderir aos mutirões de cirurgias”, finalizou o secretário estadual, ressaltando o papel do SUS na sociedade.

Procedimentos como correção de estrabismo, laqueadura tubária, vasectomia, artoplastia para reconstrução do joelho, tratamento cirúrgico de varizes, confecção de fístula para hemodiálise, entre outros estão previstos no mutirão. A cirurgia de maior valor é para descolamento de retina. O procedimento custa R$ 6.556,82 e poderá ser feito pelo SUS.

O mutirão ganha ainda mais força após a aprovação do Rol Taxativo, que desobrigará a cobertura de uma série de serviços pelos planos de saúde e sobrecarregará ainda mais o poder público, como abordado no painel.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Prefeitura de Guarujá.

Por: Tadeu

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

estudante-xingado-de-‘gordo’-e-‘bolo-fofo’-compartilha-sofrimento-apos-ser-vitima-de-bullying-e-cyberbullying

G1 Santos

Estudante xingado de ‘gordo’ e ‘bolo fofo’ compartilha sofrimento após ser vítima de bullying e cyberbullying

Palestras sobre o tema, em escolas de Guarujá, no litoral de SP, visam conscientizar estudantes e reduzir as ofensas. À frente na imagem, o adolescente de 13 anos como sofreu com o bullying e cyberbullying. — Foto: Vandro Prado/ Prefeitura de Guarujá Um adolescente de 13 anos, morador de Guarujá, no litoral de São Paulo, lembrou os momentos de tristeza de quando enfrentava o cyberbullying e o bullying no ambiente […]

today11 de junho de 2022 172

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%