G1 Mundo

Guerra na Ucrânia: por dentro de vilarejo reconquistado da Rússia em contra-ofensiva militar

today15 de junho de 2023 12

Fundo
share close

Dos quatro vilarejos libertados na região leste de Donetsk, Neskuchne foi o que sofreu com o conflito pesado, de acordo com o batalhão que o libertou. A Ucrânia perdeu seis soldados no processo.

Neskuchne é um vilarejo que foi ocupado pela Rússia na primavera do ano passado — algumas semanas depois que o presidente Vladimir Putin anunciou o início da invasão da Ucrânia.

A cidade fica no ponto mais ao norte da frente que estava ocupada pela Rússia.



À medida que Anatoliy, nossa escolta do exército, acelera por estradas destruídas em seu caminhão camuflado em direção a Neskuchne, fica claro que este é um tipo diferente de libertação do que as que vimos no ano passado.

Em primeiro lugar, não há civis. Os únicos resquícios da civilização são uma farmácia destruída e um mercado.

Também não há uma rede complexa de trincheiras. Uma ponte de madeira improvisada sobre um rio nos leva a um território que a Rússia manteve.

Os edifícios também estão crivados de buracos de bala de armas de menor calibre.

Anatoliy não gosta de ficar ali por muito tempo.

Morteiros são periodicamente disparados por tropas ucranianas escondidas em densas linhas de árvores ou jardins abandonados. Ele diz que os russos estão no topo da colina.

O surgimento súbito de três nuvens de fumaça é um sinal de que devemos partir. Os russos estão reagindo com mísseis Grad.

A situação aqui parece muito mais instável do que as comemorações de triunfo que vieram de Kiev esta semana.

Até a noite passada, as forças russas ainda recuavam, o que as autoridades ucranianas agora reconhecem.

Imagem de mapa e de satélite mostram a fronteira dos conflitos na guerra da Ucrânia — Foto: BBC

A contra-ofensiva da Ucrânia está em seus estágios iniciais com ganhos modestos.

A julgar por Neskuchne, qualquer libertação por aqui está longe de ser imediata.

Ex-residentes de Neskuchne disseram à BBC que a vila também havia sido brevemente ocupada em 2014 — quando combatentes apoiados pela Rússia tomaram grandes extensões de terra em Donetsk e nas regiões vizinhas de Luhansk.

Isso ocorreu após a anexação ilegal pela Rússia da península da Crimeia no sul da Ucrânia.

A pequena vila então voltou para as mãos dos ucranianos e foi novamente tomada pelas tropas russas logo após a invasão do ano passado.

No início desta semana, surgiu um vídeo supostamente mostrando dois soldados ucranianos levantando a bandeira nacional azul e amarela do país em edifícios destruídos em Neskuchne.

O som estrondoso de bombardeios próximos também pode ser ouvido.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

terremoto-de-magnitude-6,3-e-registrado-nas-filipinas

G1 Mundo

Terremoto de magnitude 6,3 é registrado nas Filipinas

Tremor interrompeu operações em aeroportos e linhas ferroviárias, nesta quinta-feira (15). Não há registro de vítimas. Terremoto de magnitude 6,3 foi registrado nas Filipinas — Foto: USGS Um terremoto de magnitude 6,3 atingiu a principal ilha das Filipinas nesta quinta-feira (15), segundo as autoridades locais. O tremor interferiu nas operações em aeroportos e linhas ferroviárias. Até a última atualização desta reportagem, nenhuma vítima ou dano maior havia sido registrado. O […]

today15 de junho de 2023 11

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%