G1 Santos

Homem cego foi confundido e morto pela PM em operação no litoral de SP, dizem Ouvidoria e Fórum de Segurança Pública

today5 de março de 2024 10

Fundo
share close

A mãe de Hildebrando Neto, de 24 anos, apresentou documentos que atestam que o filho era cego de um olho e tinha 20% de visão no outro.

No boletim de ocorrência do caso, os agentes declararam que entraram na casa dele porque:

  • A porta estava aberta;
  • Havia uma denúncia de tráfico de drogas no local
  • E porque, “quando adentraram num segundo cômodo, foram surpreendidos por Hildebrando, que apontou uma pistola”;
  • Os policiais contaram que atiraram três vezes em legítima defesa;
  • Davi Gonçalves, amigo de Hildebrando, estava junto com ele no momento e também foi morto sob a mesma justificativa.



Agora, há a suspeita de que a PM tenha chegado ao endereço dele por engano, em busca de um criminoso.

Samira Bueno, diretora-executiva do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, conta que Hildebrando foi casado com uma mulher que, atualmente, namora Kaique Coutinho do Nascimento, conhecido como Chip, apontado como assassino do soldado da Rota Samuel Wesley Cosmo, de 35 anos.

“O endereço dela, todos os cadastros dela, eram justamente o endereço do Hildebrando, com quem ela tem dois filhos. As informações que temos disponíveis indicam que, muito provavelmente, na verdade, Hildebrando foi confundido com o assassino do soldado Cosmo”, afirmou Samira.

Kaique Coutinho foi detido em Uberlândia (MG), no dia 14 fevereiro, e transferido para São Paulo em seguida. Depois da morte do soldado, a polícia intensificou a Operação Verão na Baixada Santista, que já acumula 858 suspeitos presos, 39 mortos e 610 quilos de drogas apreendidos.

A mãe de Hildebrando não se conforma:

“Um absurdo eles não procurarem saber direito para onde eles estão indo, quem eles estão procurando…Tem uma grande diferença. [Chip] era mais fortinho, um rosto bem mais redondo. Meu filho é magrelo, alto, o rosto mais comprido. Hildebrando era cego”.

Para o ouvidor das polícias, o fato de Hildebrando ser cego levanta dúvidas sobre a versão de que ele teria apontado uma arma na direção dos policiais.

“Esse caso tem muito a se esclarecer ainda. A dinâmica dos fatos, uma série de outros fatores precisam vir à tona para gente entender o que aconteceu naquele local”, disse Cláudio Silva, ouvidor das polícias de São Paulo.

O que diz o governo de SP

A TV Globo pediu uma entrevista com a Secretaria da Segurança Pública, mas a pasta respondeu em nota. A SSP reforçou que os policiais atiraram depois que dois homens apontaram armas na direção deles.

Disse também que, além das pistolas dos suspeitos, um fuzil foi apreendido no local. O caso é investigado pelas polícias Militar e Civil. Os laudos periciais serão encaminhados para análise das autoridades responsáveis.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

policia-prende-casal-suspeito-de-participar-de-sequestro-de-idosos-no-litoral-de-sp

G1 Santos

Polícia prende casal suspeito de participar de sequestro de idosos no litoral de SP

Agentes do 1º Distrito Policial (DP) de Santos realizaram as prisões na manhã de segunda-feira (4), na Travessa João Gomes dos Santos. A ação integrou a segunda etapa da investigação para identificar e responsabilizar todos os envolvidos no sequestro, extorsão e roubo ao casal de idosos. O crime ocorreu em 18 de dezembro de 2023, ocasião em que as vítimas de 65 e 75 anos foram sequestradas e tiveram o […]

today5 de março de 2024 9

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%