G1 Santos

Homem com deficiência intelectual se assusta com aranha, sai de casa e desaparece no litoral de SP; VÍDEO

today21 de abril de 2024 6

Fundo
share close

Um homem, de 42 anos, desapareceu após sair de casa sozinho em Mongaguá, no litoral de São Paulo. Ao g1, a família de Paulo Barbosa Leite relatou, neste domingo (21), que ele tem deficiência intelectual e não costumava sair sozinho antes do desaparecimento, que aconteceu há 11 dias. Imagens de câmeras de monitoramento flagraram o homem caminhando no escuro (assista acima).

“A nossa família está desesperada”, disse a autônoma Patricia Barbosa Leite, de 38 anos, que é irmã de Paulo e realiza buscas por conta própria.

Ao g1, Patricia contou que o irmão morava com a mãe na capital paulista, mas a família decidiu se mudar para o litoral em busca de um ambiente mais calmo e que oferecesse uma qualidade de vida melhor.



No entanto, há aproximadamente um mês, Paulo passou a ter muitas crises, que se intensificaram quando ele viu uma aranha dentro de casa, no último dia 8 de abril.

Segundo Patricia, a mãe mora com ele em uma região de mata em Mongaguá e, por isso, Paulo já tinha visto outros animais peçonhentos. “A gente não sabe se [a aranha] foi o motivo real de ele ter ido”, complementou ela.

Paulo Barbosa Leite possui deficiência intelectual e está desaparecido em Mongaguá (SP) — Foto: Arquivo Pessoal

A família ressaltou, porém, que desconfia que a aranha possa ter sido um “gatilho” para que Paulo tomasse coragem de sair de casa, já que ele costumava dizer que queria voltar para São Paulo. Patricia disse ter conversado com ele, por telefone, na noite da última terça-feira (9). Na ligação, a mulher teria pedido calma ao irmão e prometido buscá-lo no fim de semana.

“Ele esperou minha mãe dormir, abriu a porta, o portão, e saiu”, disse Patricia, que viu a ‘fuga’ do irmão por meio de uma câmera de monitoramento da vizinhança. Nas imagens, Paulo é visto caminhando na rua de casa por volta das 4h20 de quarta-feira (10).

“Para nós da família, foi uma surpresa muito grande o Paulo ter tido essa coragem nesse ‘pico de surto’, que ele estava muito agitado”, informou Patricia, dizendo que o irmão saiu somente com a roupa que estava vestindo [camiseta azul, bermuda colorida e chinelo].

Patricia disse ter registrado um boletim de ocorrência sobre o desaparecimento do irmão. No entanto, segundo ela, as autoridades ainda não informaram a família sobre buscas. Por conta disso, os parentes decidiram agir ‘sozinhos’, divulgando o caso nas redes sociais e passando a procurá-lo em pontos de Mongaguá e cidades próximas.

De acordo com a autônoma, familiares já passaram por hospitais e pelo Instituto Médico Legal (IML), mas não conseguiram informações sobre o paradeiro de Paulo. Por outro lado, a família já recebeu ligações de desconhecidos pedindo valor em resgate e até informações de que ele estaria em Santa Catarina.

“Está sendo uma busca muito cansativa porque a nossa família é muito pequena. […] É igual procurar uma agulha no palheiro”, finalizou.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

vendas-de-imoveis-caem-quase-60%-e-locacoes-tem-leve-alta-na-baixada-santista

G1 Santos

Vendas de imóveis caem quase 60% e locações têm leve alta na Baixada Santista

Segundo o Creci-SP, durante o levantamento, foram consultadas 42 imobiliárias das cidades de Bertioga, Itanhaém, Mongaguá, Praia Grande, Santos e São Vicente. Das vendas realizadas, 29,4% foram casas e 70,6% foram apartamentos. Já em relação as locações, foram 55,6% de apartamentos e 44,4% de casas. A média de valores das casas vendidas no período ficou em até R$ 300 mil. A maioria era de casas de 2 e 3 dormitórios, […]

today21 de abril de 2024 1

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%